where can i get finpecia
Inicio Não Invisto Começando a investir 10 aplicativos para investir: ferramentas que te ajudam na jornada financeira

10 aplicativos para investir: ferramentas que te ajudam na jornada financeira

A palavra que define essa geração é praticidade, certo? Certo. Por isso, os aplicativos para investir ou que facilitam a vida dos investidores são tão procurados. Mas com tantas opções disponíveis, quais são os melhores para baixar? No post de hoje, eu te mostro alguns deles.

Spoiler para você já saber do que vou falar:

  1. Mobills
  2. GuiaBolso
  3. Telegram
  4. Tesouro Direto
  5. Bloomberg
  6. InfoMoney 
  7. Yahoo Finanças
  8. Real Valor
  9. Aplicativo do seu banco
  10. Aplicativo da sua corretora
  11. Bônus

1. Mobills

Uma das tarefas mais importantes para quem investe ou quer começar a investir é controlar suas finanças. Por isso, a primeira indicação deste post é um aplicativo para que você organize suas despesas e receitas.

O Mobills é uma plataforma bem completa. Nele, você pode definir suas despesas por categoria, assim como as formas de receita. Além disso, você pode cadastrar cartão de crédito para que sincronize com o aplicativo.

Alguns dos pontos positivos é que é possível arrumar a tela inicial da forma como você achar mais prático e funcional, existem as opções: pendências e alertas; cartões de crédito; despesas por categoria; planejamento mensal; frequência de gastos; blog mobills; balanço mensal; transações favoritas; frases inspiradoras; indicadores financeiros; economia mensal; investimentos; entre outros cards.

2. GuiaBolso

Assim como o Mobills, o objetivo do GuiaBolso é organizar suas finanças. Por que mais de um aplicativo com o mesmo propósito na lista? Simples, cada um possui interfaces e funcionalidades diferentes, cada pessoa se adapta ao aplicativo de uma forma e possui preferências. 

Eu, particularmente, gosto dos dois. Mas, se precisasse escolher apenas um para usar, seria o Mobills. A única razão para isso é a praticidade para aprender Um é mais intuitivo que o outro, mais fácil de registrar cada despesa e receita.

Apesar disso, o Mobills só oferece a opção de sincronizar cartões de débito na versão Premium, apenas crédito.

Já no GuiaBolso, essa alternativa existe na versão gratuita. E como, praticamente, não uso cartão de crédito, para mim, neste quesito, o Guia Bolso se torna mais vantajoso.

Outro ponto positivo é que você pode consultar seu CPF de forma gratuita. Então, se você possui dúvidas sobre alguma pendência ou quer ver se alguma empresa consultou seu nome, ele te mostra todas as informações.

Vale a pena ter os dois aplicativos no celular? Pensando que os aplicativos têm como propósito facilitar a vida de quem os usa, é melhor ter apenas um. 

Mas, para quem gosta de anotar tudo, ter controle sobre cada coisinha, e também gosta de ter dezenas de apps para isso, “a memória do celular é o limite!”. 

Existem dezenas de apps sobre finanças, e acredite, tem pessoas que possuem dois, três, quatro e até mais. Inclusive, posso ser uma dessas pessoas =)

Funções que o GuiaBolso disponibiliza: contas e cartões, resumo do mês com renda e gastos, últimas transações sincronizadas com cartão de débito e crédito, radar de CPF para você consultar, agenda (para você saber as datas de cada conta que possui), planejamento mensal, entre outros. 

3. Telegram

Independente se você já investe ou está começando a investir agora, o Telegram é um aplicativo muito importante e facilita seu acesso à informação.

De que forma? Muitas empresas possuem grupos e canais, para falar sobre os mais variados assuntos.

Através dos canais, você pode receber dicas sobre investimentos, notícias sobre o mercado de ações, além de acompanhar influenciadores e empresas que você gosta.

Alguns grupos que valem a pena você dar uma olhada:

Yubb – canal com conteúdo exclusivo em que compartilhamos os melhores investimentos;

InfoMoney – notícias em tempo real sobre investimentos, além de enquetes em que os participantes podem escolher qual ação será analisada pelos especialistas do portal;

Suno Research – destaques do dia, fechamento de mercado, comentários sobre algumas ações e conteúdos exclusivos da casa de análise;

Empiricus – destaques do dia, money call, vídeos, pontuação do Ibovespa e cotação do dólar, comentários sobre algumas ações, entre outros conteúdos da casa de análise;

O Primo Rico – canal do influencer Thiago Nigro, conhecido como Primo Rico, onde ele posta conteúdos sobre investimentos, empreendedorismo e finanças pessoais;

Informa Ações (News) – compila as principais informações sobre o mercado, contém textos e links para matérias de diversos portais, com atualizações durante o dia inteiro (24h mesmo).

4. Tesouro Direto

Apesar de a renda fixa não ser mais o foco de uma boa parte dos investidores, ainda é uma das principais alternativas para reserva de emergência.

Por isso, uma ideia legal é você ter o aplicativo do Tesouro para acompanhar os títulos disponíveis e aqueles que você já possui.

A plataforma sincroniza seu CPF e mostra, automaticamente, em quais títulos você já investe.

“Se eu posso fazer isso pelo aplicativo da minha corretora, por que vou ter o app do Tesouro Direto?”

O diferencial do app do Tesouro Direto é que você pode simular os investimentos que pretende fazer, com objetivo e tempo de resgate. Assim como no site, só que através do aplicativo =)

Ah! Outra funcionalidade é que você pode adicionar um “sonho” e selecionar qual investimento tem como objetivo realizá-lo.

O aplicativo vai mostrar a porcentagem e o gráfico de quanto você já investiu e quanto ainda falta para concretizar aquele sonho.

5. Bloomberg

A razão para este aplicativo estar na lista é reforçar o conselho: mantenha-se informado. A Bloomberg é um dos maiores portais (senão o maior) de notícias sobre o mercado financeiro. 

No aplicativo, você encontra todo tipo de notícias que possam ter alguma relação com a economia. 

No entanto, o app é em inglês e é pago. Para os investidores que preferem ler notícias de portais estrangeiros e querem receber um conteúdo mais completo, com certeza este é o portal indicado. 

Para quem já faz parte do mercado, sabe que a Bloomberg é o local mais confiável para encontrar notícias relacionadas. 

No entanto, nem todo mundo possui condições de pagar a assinatura, e nem todo mundo sabe inglês. Por isso, na categoria portais de notícias, temos mais uma opção.

6. InfoMoney

O InfoMoney também é um portal que trata de assuntos exclusivamentes ligados a economia. É uma das “versões brasileiras” da Bloomberg.

Além de estar sempre ligado no que está acontecendo, ler as notícias do InfoMoney permite que você tenha uma visão mais ampla e passe a entender porque o mercado operou de determinada forma no dia.

Por exemplo, o Ibovespa fechou com uma queda de 3,3% (como aconteceu no dia 27/01/20) e, minutos após o fechamento de mercado, eles publicam uma matéria com o panorama do que aconteceu no dia e quais foram as causas. O que ajuda muito os investidores, principalmente os iniciantes.

O app é gratuito e não há um limite de postagens que você possa ler. 

Observação: o InfoMoney é um portal de notícias do grupo XP.

7. Yahoo Finanças 

O aplicativo do Yahoo Finanças reúne várias funcionalidades que facilitam a vida de quem investe.

Através do aplicativo, você pode acompanhar o desempenho do Ibovespa (com um delay de 15 minutos). Também pode criar uma lista das ações que você quer acompanhar a cotação.

Uma coisa bacana do Yahoo é que, além da bolsa brasileira, você pode ver o desempenho das bolsas dos EUA, Europa e Ásia. 

E, dentro do app, você pode acessar notícias de alguns dos principais portais como Reuters, Bloomberg, MarketWatch, entre outros. (Obs: são todos em inglês).

8. Real Valor

O Real Valor é um dos aplicativos mais recentes que baixei, mas também tem sido um dos que mais gosto de usar. Nele, é possível incluir todos investimentos, sejam de renda fixa ou renda variável, e ele mostra a rentabilidade diária de cada um. 

Além disso, existe a opção de você criar metas para cada investimento, o que é estimulante tanto para investidores que já estão no mercado há bastante tempo, como para os que estão entrando agora. 

Afinal, um dos hábitos para se tornar um bom investidor é definir metas. De que adianta investir, sem um objetivo, não é mesmo?

“Mas no aplicativo da corretora eu posso acompanhar as cotações também.”

Claro que sim, caro investidor. O diferencial do Real Valor é que, se você tem conta em mais de uma corretora, ele reúne todos os ativos em um lugar só. 

Normalmente, os investidores que possuem uma carteira diversificada possuem conta em diversas corretoras, para aproveitar as oportunidades que cada uma oferece. 

Por isso, este aplicativo é bem útil. Além de definir as metas, você consegue ter uma visão melhor de todas suas aplicações.

Funções que o Real Valor disponibiliza: visualização do patrimônio, rendimentos em porcentagem, alocações de cada ativo, histórico, extrato das operações, metas para cada investimento, notícias de diversos portais (IstoÉDinheiro, SeuDdinheiro e Money Times, por exemplo). 

9. Aplicativo do seu banco

Todo banco, seja físico ou digital, possui app. Isso porque, como você já sabe, a vida das pessoas hoje está inteiramente dentro de um aparelho chamado: celular.

Todos seus dados, redes sociais, contatos, e ferramentas que utiliza no dia a dia, estão disponíveis a um clique de distância.

Claro que os bancos não podiam ficar de fora dessa, não é mesmo? Os bancos digitais obviamente não têm escolha, afinal seu objetivo já é praticidade. E os bancos tradicionais tiveram que embarcar na onda, senão iam ficar para trás. 

Ter o aplicativo da instituição financeira que “cuida” do seu dinheiro é essencial. Tanto para controle de gastos, quanto para usar outras ferramentas que o banco possa disponibilizar. 

Sejam transações, recarregar celular, fazer pagamento por aproximação ou por código de barras, ou QR Code. Ufa, tem bastante opção, não é? 

Aqui, a gente sempre fala que quanto menos taxas melhor. Então, mesmo que esse post não seja sobre qual é o melhor banco para você usar, lembre-se disso ao escolher o seu.

O aplicativo não conta tanto nessa escolha, mas existem alguns com interfaces bem bacanas, que valem a pena dar uma conferida.

10. Aplicativo da sua corretora

Já falamos por aqui como você pode escolher a melhor corretora para seus investimentos, e um dos tópicos para avaliar é o aplicativo. Hoje, tudo é feito através do celular, por ser prático, rápido e você poder carregar para qualquer lugar.

Se você conhece o mercado de ações, sabe que é possível comprar ações apenas enquanto a bolsa estiver operando, ou seja, das 10h00 às 17h30. 

Ter o app da sua corretora, permite que em apenas alguns minutos, você possa comprar ou vender uma ação.

Seja no ônibus, Uber, horário de almoço do trabalho, ou qualquer outro momento que você tenha um tempinho disponível.

Pelo aplicativo você pode fazer operações, acompanhar as cotações, ter acesso aos dados para depósito, atendimento, entre outras funcionalidades. 

Assim como no tópico acima, não vou indicar um programa específico, tudo vai depender da instituição que você usa para suas aplicações. 

Mas recomendo que você tenha no celular, por uma questão de praticidade, além de ser uma forma de você avaliar um dos serviços que a corretora disponibiliza. 

A minha corretora, por exemplo, é a Clear. No aplicativo deles consigo fazer o essencial. Tenho acesso ao valor disponível para investir, posso ver quanto minhas ações estão rendendo e fazer aplicações.

11. Twitter – Bônus

Sim, uma rede social no meio de tantos apps que não exigem interação social. A razão do Twitter estar aqui é porque, as vezes, é preciso lembrar que existe gente lá fora, viu? 

Brincadeiras à parte, a verdadeira razão é que o Twitter é uma rede que está sendo cada vez mais usada por investidores, analistas e instituições financeiras. 

Se tornou uma forma de acompanhar o que pessoas e empresas, que se interessam pelo mesmo assunto estão comentando. 

Essa rede social é muito famosa pela facilidade com que dissemina informação, através de hashtags ou seguindo perfis que falam sobre interesses específicos, você estará a par de tudo o que está acontecendo.

O legal do Twitter é te aproximar de pessoas que conhecem o mercado e que você só ouve falar. Por exemplo, você assina os relatório de uma casa de análise x, e toda semana lê os relatórios de um analista y. 

Você gostaria de saber mais sobre o analista e as opiniões dele sobre outros assuntos, mesmo que relacionados ao mercado. 

Bem, a notícia boa é que não é muito difícil de encontrá-los, o Twitter é o esconderijo da maioria deles! 

Claro que você pode acessar o Twitter pelo navegador, mas como nosso post de hoje é sobre aplicativos, por que não colocar aqui, não é mesmo? 

Ah, no Twitter você também pode escolher hashtags para seguir, além dos perfis, e criar listas com categorias incluindo pessoas nelas. 

Exemplo: criar uma lista sobre renda variável e incluir somente os analistas que falam sobre isso lá. Criar uma lista sobre notícias e incluir os principais portais de notícia. E assim por diante. 

Gostaram das dicas e indicações, Yubbers? Conhecem outros aplicativos que também são boas opções para quem investe ou já usam alguns dos que indiquei? Manda aqui nos comentários, vou adorar conhecer mais opções! =)

https://