5 erros no imposto de renda que são comuns

110
erros no imposto de renda

Fazer a sua declaração de imposto de renda e enviar para a Receita Federal não precisa ser motivo de dor de cabeça. Existem alguns erros no imposto de renda que muita gente comete, mas que, com atenção, podem ser facilmente evitados.

O primeiro erro é sobre quem deve fazer a declaração ou não. Em todos os jornais, é noticiado que só precisa declarar o IR quem teve rendimentos tributáveis a partir de R$ 28 mil no ano. O que pouca gente sabe é que, se você recebeu rendimentos isentos acima de R$ 40 mil, também precisa declarar. E se você possui bens que valem mais de R$ 300 mil, também!

O segundo erro mais comum é a questão dos dependentes. Quem pode ser seu dependente? Só aqueles que tem alguma relação de parentesco com você: cônjuge, filhos, etc. “Mas eu pago a escola do filho da minha amiga” Não, ele não pode ser o seu dependente!

Uma outra questão que pode se tornar um dos erros no imposto de renda mais comuns são os bens com o cônjuge. Está casado em comunhão universal/parcial de bens e comprou um imóvel? Esse imóvel só é declarado em UMA declaração e não nas duas.

Quer saber quais são os outros dois erros mais comuns? A gente esteve com a Taís Pinheiro, sócia da Conube, para falar sobre isso. Dá o play!

Inscreva-se no canal do Yubb, compartilhe o vídeo com os seus amigos e ative as notificações para não perder nenhuma novidade!

 

Agora que você já sabe, não vai cometer esses erros no imposto de renda, hein! Se tiver alguma dúvida ou comentário, deixe aqui embaixo =)