Carteira de criptomoedas: onde eu investiria R$ 5.432,67?

113

Entre tantas criptomoedas que existem no mundo, é um grande desafio montar a carteira de criptoativos.

Atendendo a várias solicitações, o Bernardo preparou este material com sugestões sobre como criar uma carteira de criptomoedas diversificada com R$ 5.432,67. Aliás, uma só não; ele mostrou como montar três carteiras de criptomoedas. Continue a leitura e confira as dicas!

Carteira de criptomoedas: onde eu investiria R$ 5.432,67?

Antes de mais nada, a gente já avisa que esse material não é uma recomendação de investimento. Inclusive, quem nos acompanha aqui no blog sabe que falamos o tempo todo sobre os riscos de investir em criptoativos. Logo, se você está pensando nisso, é importante que estude muito a respeito e, principalmente, que comece bem devagar, aos poucos e sem pressa para obter resultados, certo?

Todas as criptomoedas que o Bernardo vai indicar aqui você consegue comprar na Binance. Isso porque ela é a maior corretora de criptomoedas do mundo. Logo, você poderá encontrar na Binance diversas altcoins que não encontraria em outras corretoras.

Cada uma das três carteiras que o Bernardo apresentará foi criada para atender aos três diferentes perfis de investidores: conservador, moderado e arrojado.

Mas existem criptomoedas para o perfil conservador?

Calma, a gente vai explicar: na verdade, tudo no universo dos criptoativos é considerado muito arriscado. No entanto, dentro desse mundo, ainda conseguimos identificar maiores e menores riscos.

Por exemplo, o bitcoin, pelo fato de ser a criptomoeda mais antiga, ela é a mais estudada e mais conhecida pelo público em geral. Isso faz com que seja mais “conservadora” do que todas as outras. Por isso é que fizemos essa divisão 😉.

Dito isso, vejamos agora como ficaram as três carteiras que o Bernardo montou!

Carteira conservadora

Para a carteira conservadora, o Bernardo indica bitcoin e ethereum em proporções iguais. E o motivo é simples: essas são as duas maiores e mais conhecidas criptomoedas, e são elas que puxam a cotação das outras no mercado.

Carteira moderada

Na carteira moderada, a distribuição foi a seguinte:

– bitcoin: 30%;

– ethereum: 20%;

– cardano: 20%;

– BNB (criptomoeda da binance): 20%;

– uniswap: 10%;

Carteira arrojada

Por fim, a nossa carteira arrojada teria a seguinte distribuição:

– bitcoin: 20%;

– ethereum: 20%;

– cardano: 10%;

– BNB: 8%;

– uniswap: 8%;

– AXS: 8%;

– CHZ: 8%;

– link: 6%;

– nano: 3%;

– WNXM: 3%;

– audius: 3%.

Se você não conhece a maioria das criptomoedas que o Bernardo relacionou, não precisa se preocupar! No vídeo abaixo, ele explica cada uma delas.

Inclusive, no vídeo tem um link no qual você pode baixar um material totalmente gratuito com a descrição dessas carteiras. Ah, e caso você queira abrir uma conta na Binance, pode fazer isso por meio de um link no vídeo, que lhe dará desconto nas taxas de corretagem. Clique no link e confira!

Gostou do vídeo, Yubber? Acompanhe nossas redes e fique por dentro dos principais assuntos sobre o mercado financeiro! 

Instagram: @yubbinvestimentos / Twitter: @yubb_invest / Youtube: Yubb / Telegram > Clique aqui para entrar no grupo