5 investimentos que podem mudar a sua carteira de investimentos para melhor

0
35
carteira de investimentos

Buscar aplicações para alavancar a rentabilidade de uma carteira de investimentos sempre será um fator primordial para investidores, sejam eles iniciantes ou não. Afinal, até mesmo investidores profissionais procuram alterar sua carteira, caso seja necessário ou conforme o momento econômico.

Neste momento de queda de juros, é muito importante avaliar as melhores opções de investimentos que podem mudar sua carteira para melhor.

Aqui elencamos 5 tipos de aplicações para te ajudar a diversificar sua carteira, rentabilizar melhor seu patrimônio e diminuir os riscos.

Por isso, continue acompanhando para saber quais são estas opções e todas as suas vantagens.

carteira de investimentos

1. Fundos de Investimentos

Os fundos são ótimas modalidades de investimento e estão entre as aplicações que mais atraem no momento, pois possuem mais de 16 mil opções em atividade para todos os gostos: do mais conservador ao mais agressivo.

Diante deste momento da queda dos juros, a melhor saída para seus investimentos é diversificar sua carteira. Ou seja, até mesmo aquele investidor mais conservador precisará arriscar um pouco para balancear seus investimentos e rentabilizar adequadamente seu dinheiro.

Uma das melhores vantagens dos fundos é poder investir sem se preocupar, pois sempre terá um responsável, nomeado gestor, para realizar as aplicações por você.

Entretanto, em muitos casos, são considerados investimentos mais arriscados. E isso acontece porque os fundos acompanham sempre uma taxa de referência como o CDI, Selic ou até mesmo o Ibovespa, podendo variar de acordo com a oscilação destes benchmarks.

Por esse motivo,é muito importante alinhar todos os seus objetivos e riscos que pretende passar com seus investimentos antes iniciar suas aplicações, avaliando tudo conforme o seu perfil de investidor, para assim alcançar os melhores retornos.

2. ETF

ETFs são fundos de índice negociados entre investidores na bolsa de valores e funcionam como os fundos de investimentos, onde um gestor é responsável por suas aplicações.

Mesmo com esta queda na bolsa de valores, manter aplicações em ações pode ser uma ótima saída.

Até porque diversificar sua carteira de investimentos e balanceá-la de forma adequada ao seu perfil pode trazer bons retornos.

Uma característica muito interessante deste investimento é que, ao aplicar em um ETF, você está investindo em um grupo de ações, como um pacote completo. Logo, seu valor aplicado, mesmo que seja baixo, será dividido entre a quantidade deste pacote e poderá render ainda mais do que o esperado.

Para recorrer a esta opção de investimento para a sua carteira, será necessário somente ter acesso à um banco ou corretora de valores e comprar as ETFs direto na bolsa de valores. Bem simples e fácil.

Além disso, suas taxas de administração são baixíssimas em relação aos fundos de ações tradicionais, o que pode te dar uma vantagem de rendimento em relação a eles. Afinal, quanto menos taxas cobradas, menos descontos você terá em seu rendimento final.

As melhores opções de investimentos para a sua carteira não param por aí. Continue acompanhando o texto para conhecer mais algumas.

3. LCI e LCA

Classificados como investimentos de crédito privado, LCI (Letra de Crédito Imobiliário) e LCA (Letra de Crédito de Agronegócio) possuem como objetivo destinar aplicações para o desenvolvimento destes setores estratégicos da economia.

Uma das maiores vantagens delas é possuírem a isenção de Imposto de Renda sobre os lucros no momento do resgate, além da segurança, por serem garantidas pelo FGC e rentabilidade razoável em comparação à outros investimentos.

Mas afinal o que é FGC?

Conhecido como Fundo Garantidor de Créditos ou o famoso “guardião dos investimentos”, ele tem como objetivo proteger suas aplicações e auxiliar em um momento de falência da instituição que você possa ter investido.

Importante saber que o FGC garante um retorno de até R$ 250 mil neste momento por investimento garantido até o teto de R$ 1 milhão por CPF. Por isso, LCI e LCA são consideradas opções muito seguras e ótimas alternativas para ter em sua carteira de investimentos.

4. Debêntures

Afinal o que são debêntures e como podem auxiliar sua carteira?

Conhecidas como investimentos de crédito privado, visam o desenvolvimento de empresas não bancárias.

As debêntures, em geral, são tributadas como qualquer outro título de renda fixa, ou seja, sofrem incidência do imposto de renda de acordo com a tabela regressiva.

Mas existe a opção de se investir em debêntures incentivadas, que são isentas de Imposto de Renda (IR) e por isso elas estão entre as alternativas mais procuradas pelos investidores.

Essa modalidade de debênture visa o desenvolvimento de áreas de infraestrutura como rodovias, saneamento básico, geração de energia, entre outros.

Um ponto importante que vale destacar também é que as debêntures não possuem a garantia do FGC.

Por esse motivo, existem agências de rating. Estas instituições avaliam por meio de notas que variam entre AAA (melhor avaliada) e D (mais arriscada), quais empresas estão melhor qualificadas e tem maior chance de pagar seus credores.

Assim você poderá saber se realmente vale a pena investir seu dinheiro em uma determinada empresa ou não.

5. Fundos imobiliários

Os fundos imobiliários são uma forma de investir em imóveis em conjunto com outros investidores. E assim como os fundos de investimentos, possuem um responsável por suas aplicações, conhecido como gestor.

Mas o que realmente importa são algumas vantagens que o investimentos em fundos imobiliários poderão agregar em sua carteira de investimentos, como:

–       Liquidez elevada em comparação a um imóvel físico;

–       Simplicidade em seu processo, pois somente com um computador já é possível realizar a aplicação em um fundo;

–       Imóveis de ponta, então ao investir seu dinheiro em um fundo imobiliário será possível conquistar imóveis em localizações nobres e de altíssimo padrão.

Entretanto possui como desvantagem alguns riscos, por isso é importante sempre diversificar seu dinheiro em diferentes fundos.

Com a diversificação você pode se proteger de eventuais problemas em um setor e minimizar riscos em sua carteira de investimentos.

Conclusão

Agora com ótimas opções de investimentos, será fácil montar sua carteira ou realocar o dinheiro, não é mesmo?

É importante que avalie todas as opções de investimentos segundo o seu perfil e objetivos traçados.

É muito importante observar a composição de sua carteira e os retornos que terá nos períodos estipulados, além do momento econômico e no que isso pode afetar em seus investimentos (como os juros baixos) e para, assim, encontrar as melhores saídas.

Lembrando que essas são só algumas opções entre as milhares que existem no mercado. Aqui abordamos diferentes tipos de investimentos que visam a diversificação de uma carteira equilibrada.

 

Gostou do texto? Tem alguma aplicação que fez sua carteira de investimentos mudar para melhor? Deixe aqui dúvidas ou sugestões nos comentários!

 

Mais Retorno

Mais Retorno é uma fintech que tem como objetivo informar, ensinar e desmistificar o mundo dos investimentos e finanças pessoais para investidores de todos os níveis, com isenção e uma linguagem divertida, interessante, prática e acessível.

 

As opiniões expostas neste artigo são baseadas na visão do autor e não necessariamente refletem o entendimento do Yubb.