Como declarar ações no imposto de renda

Chegou a hora de declarar os seus investimentos no imposto de renda, mas você nem sabe por onde começar. Calma! No post de hoje, vou te ensinar como declarar ações no imposto de renda.

O que fazer?

Antes de falarmos especificamente sobre ações, você precisa saber como fazer a sua Declaração. Vamos ao passo a passo:

Passo 1: Entre no site da Receita e baixe o software. No computador, é necessário baixar o programa e o Java atualizado. No celular, você só precisa fazer o download do aplicativo. 

Observe que o aplicativo é bem simples e de fácil visualização. As categorias são todas separadas para que o usuário tenha maior facilidade em preencher.

Passo 2: Separe os documentos que serão solicitados na declaração: 

  • RG
  • CPF
  • Título de eleitor
  • Carteira de Trabalho (PIS;PASEP)
  • Extratos bancários
  • Comprovantes da mensalidade da faculdade
  • Comprovante das movimentações (investimentos que fez em 2019)
  • Informe de rendimento dos seus investimentos

Passo 3: comece a preencher =)

Como declarar ações no imposto de renda

Investimentos em ações têm uma grande vantagem, o IR só é cobrado em operações acima de R$ 20 mil por mês.

É necessário pagar a DARF sempre que forem realizadas operações de venda, mas somente se ultrapassar o valor de R$ 20 mil.

Mas, assim como em outros investimentos, aplicações na Bolsa também precisam ser computadas na declaração de imposto de renda. 

Se você faz muitas operações em Bolsa, uma dica legal é criar uma planilha, e toda vez que fizer uma compra e venda durante o ano, anotar. Assim, facilita o processo na declaração.

Para declarar, é bem simples:

  • Passo 1: selecione a aba “Bens e Direitos” e, no código, digite o número 31, que corresponde a Ações.  
  • Complete todos os campos com as informações solicitadas. CNPJ da instituição financeira que você usa para realizar as operações. 
  • O valor que você tinha de determinada ação no dia 31/12/2018 e o valor que tinha no dia 31/12/2019. Sempre levando em consideração quanto pagou no dia.
  • Na discriminação, informe o nome da ação e quantos papéis possui.

Tenha em mãos os informes de rendimento que a corretora irá lhe disponibilizar, assim esse processo ficará muito mais fácil.

Para o passo 2, existem dois processos diferentes:

Venda de ativos com lucros abaixo de R$ 20 mil

  • Passo 2: acesse “Rendimentos” e escolha a opção “Isentos e não tributáveis”, no aplicativo selecione “Ganhos líquidos de ações até R$ 20.000,00”
  • No programa, selecione a opção 9 “lucros e dividendos recebidos” e depois o número 20 “Ganhos Líquidos em operações no mercado à vista”

Venda de ativos com lucros acima de R$ 20 mil

Para essa categoria, não é possível realizar a declaração através do aplicativo para celular, apenas no programa para computador.

  • Passo 2: acesse “Operações comuns/day trade”, na etapa seguinte, descreva os valores de lucros e prejuízos para cada mês, sempre separando uma operação da outra.
  • Ao terminar o preenchimento de cada mês, verifique em “Imposto a pagar” se os valores batem com a documentação que você tem em mãos das DARFs que pagou. Informe quanto você liquidou em “Valor pago”.

Repita a operação para todos os ativos.

Se tiver qualquer dúvida, é só deixar um comentário aqui embaixo =)