Como declarar bitcoin e outras criptomoedas no Imposto de Renda

160

Não yubber, não dá para fugir do Leão, nem nos investimentos em criptomoedas. Seja bitcoin, ethereum, tokens, ou qualquer outro tipo de criptoativo, o fato é que você precisa declarar tudo no seu Imposto de Renda!

Para ajudar, o Bernardo preparou esse material com tudo o que você precisa saber (e fazer) para declarar certinho os seus investimentos e não cair na malha fina. Preste muita atenção, pois esse ano tem algumas diferenças em relação aos anos anteriores. Fique de olho, e confira a seguir!

Antes de mais nada, segue o link para você baixar o programa da Receita Federal no seu computador.

Novidades do programa 2021 referentes a criptoativos

Na ficha “Bens e Direitos”, foram criados três tipos para informação de criptoativos:

– 81: Criptoativo Bitcoin – BTC

– 82: Outros criptoativos, do tipo moeda digital, conhecidos como “altcoins”: Ether (ETH), XRP (Ripple), Bitcoin Cash (BCH), Theter (USDT), Chainlink (LINK), Litecoin (LTC);

– 89: Demais criptoativos, que não são considerados criptomoedas (payment tokens), mas classificados como security tokens ou utility tokens.

É exatamente da forma descrita acima que a tela da Receita Federal irá aparecer para você.

Perguntas e respostas IR 2021

Para orientar no preenchimento da declaração, a Receita Federal tem um documento com uma relação de perguntas e respostas sobre o IR 2021. Você encontra esse documento no próprio site, por meio do link que baixou o programa.

Por exemplo, o item “como declarar criptoativos e moedas virtuais” inicia na página 445. Nessa página, a Receita ainda explica que, embora esses itens não sejam considerados ativos mobiliários ou moedas em curso legal (como o dólar, por exemplo), eles precisam ser declarados, pois podem ser comparados a ativos financeiros sujeitos a ganhos de capital. Logo, a sua declaração deverá ser feita pelo valor de aquisição, de acordo com os códigos descritos acima.

Mas atenção! A declaração é obrigatória quando o valor de aquisição for igual ou superior a R$ 1.000. Digamos que você tenha comprado R$ 1.000 em bitcoin, e que hoje esse investimento tenha perdido metade do valor. Mesmo tendo hoje cerca de R$ 500 na criptomoeda, você precisará declarar, pois pagou R$ 1.000 por ela, certo?

No vídeo abaixo, o Bernardo faz o passo a passo na tela da Receita Federal, para que você não tenha dúvidas e consiga fazer a declaração certinha. A gente sugere que você veja o vídeo, principalmente por causa dessas mudanças, que podem causar confusão na hora do preenchimento.

Afinal, é melhor perder alguns minutos e fazer tudo certinho, do que ter que retificar e pagar multas ali na frente, não é mesmo? 😉

Gostou do vídeo, Yubber? Acompanhe nossas redes e fique por dentro dos principais assuntos sobre o mercado financeiro! 

Instagram: @yubbinvestimentos / Twitter: @yubb_invest / Youtube: Yubb / Telegram > Clique aqui para entrar no grupo