O que avaliar antes de escolher investimento?

0
67

É natural ter muitas dúvidas na hora de escolher investimento. Com uma gama de produtos extensa, o mercado oferece opções com diferentes características como estratégias, prazos, valores iniciais, risco, entre muitas outras.

  • Perfil-investidor

Antes de tudo, é muito importante saber qual é o seu perfil de investidor, ou seja, qual a sua tolerância a riscos com as suas aplicações financeiras. No mundo dos investimentos, você pode ser conservador, moderado ou arrojado e, para cada um dos três perfis, existem diversas opções de investimentos.

  • Objetivos

Depois, é necessário entender quais são seus objetivos na hora de investir. Pode ser para fazer aquela viagem dos sonhos, para comprar aquele item que você tanto queria, como um carro ou uma casa, se preparar para uma aposentadoria mais tranquila, ou, até mesmo, multiplicar seu próprio dinheiro e viver uma vida mais confortável financeiramente.

Com perfil e objetivo definidos, chega a hora de avaliar, basicamente, outros três pontos importantes que podem fazer uma boa diferença para o seu bolso: a relação risco retorno, o prazo e as taxas atreladas ao investimento.

  • Riscos

Vamos, primeiramente, à relação risco retorno. Conforme dito, cada tipo de investimento tem um grau de risco que pode ser maior ou menor, comparado uns aos outros. Quanto maior for o risco, maior o retorno esperado. Mas, vale lembrar que, assim como você pode ganhar mais dinheiro, também pode se deparar com variações negativas. Isso se chama “volatilidade”. Quanto maior for o risco de um investimento, mais volátil ele será e maior será a variação de resultados.

O mesmo ocorre quando o risco é menor. A chance de você perder dinheiro diminui consideravelmente, mas a sua rentabilidade também evolui com pequenas variações, de forma mais lenta.

Sendo assim, você precisa avaliar, de acordo com seu perfil, o tanto de risco que está disposto a suportar e o quanto está disposto a perder, se houver fortes oscilações no mercado. Por isso, o indicado é sempre analisar as maiores quedas mensais, menores retornos anuais e assim por diante, de determinado investimento que você esteja pensando aplicar.

  • Prazo

Agora, vamos ao segundo item: o prazo. Por quanto tempo você está disposto a deixar o dinheiro aplicado naquele investimento? Você vai precisar daquele valor para alguma ocasião? É muito importante saber essas respostas antes de investir, pois existem investimentos que exigem determinado prazo para o dinheiro ficar aplicado, o que significa que não é possível tirá-lo antes da data prevista.

De modo geral, se você acha que pode precisar do dinheiro a qualquer momento, o ideal é escolher um investimento sem restrição de prazo e, de preferência, com alta liquidez, ou seja, com um prazo curto para resgate. Isso vale, principalmente, para as reservas de emergência. Lembrando que, para um bom planejamento financeiro, o recomendado é que se tenha aplicado em um investimento de baixo risco, pelo menos, 6 salários. Essa reserva pode salvá-lo em casos emergenciais como: perda de emprego, problemas de saúde, troca de aparelhos eletrônicos e por aí vai.

  • Taxas

Vamos agora ao último, mas não menos importante, ponto a ser analisado antes de investir: os impostos e as taxas. Estes são custos e reduzem a rentabilidade de qualquer investimento. Por isso, procure sempre saber como funciona a cobrança do Imposto de Renda de determinado investimento, assim como quanto é cobrado de taxa de administração de um fundo.

Existe uma variação de cobranças dependendo do tipo de investimento. Geralmente, quanto maior for a complexidade da gestão de um fundo de investimento, por exemplo, maior será sua cobrança de taxa de administração. Por outro lado, existem também alguns tipos de investimento sem essa taxa e, melhor ainda, isentos de Imposto de Renda, como os títulos de LCI, LCA, CRA e Debêntures Incentivadas.

Para finalizar, ficamos com a seguinte lição: antes de escolher investimento, avalie a composição entre risco e retorno oferecido, o prazo e os custos daquela determinada aplicação. Lembrando que saber seu qual é o seu perfil de investidor e objetivos é fundamental antes de procurar por um investimento. Na Órama, uma plataforma de investimentos 100% online e sem custos, é possível encontrar uma variedade de produtos e, se precisar, uma equipe qualificada fica à disposição para tirar dúvidas e orientar na hora de escolher investimento.

 

Entendeu qual é a melhor forma de escolher investimento? Se tiver qualquer dúvida ou comentário, deixe aqui embaixo =)

Natasha Brigagão

Natasha Brigagão, formada em jornalismo pela PUC-RJ, é redatora publicitária da Órama Investimentos.

 

As opiniões expostas neste artigo são baseadas na visão do autor e não necessariamente refletem o entendimento do Yubb.