Como perder o medo de investir?

0
50
Como perder o medo de investir

Você já sabe que deixar o dinheiro parado na conta corrente é furada e que poupança também é um péssimo caminho. A vontade de aplicar e ver o valor crescer é enooorme, mas a insegurança é maior ainda. E aí, como perder o medo de investir?

Tawan Tayron tem 23 anos e já passou por isso. Desde a adolescência, ia colocando o que sobrava de sua renda na conta poupança até que, em 2016, viu uma notícia na televisão que dizia que deixar o dinheiro na poupança era sinônimo de perder dinheiro. Se você não sabe do que eu estou falando, clique aqui para entender como a inflação “come” o seu dinheiro na poupança.

Mesmo com medo de investir, Tawan colocou a mão na massa e foi pesquisar como começar. Em junho de 2017, quando ele já tinha uma certa experiência em investimentos, decidiu criar um canal no YouTube: assim nascia o Investidor Leigo.

A ideia era trazer tutoriais que pudessem ajudar as pessoas que querem começar a investir mas que ficam perdidas no meio de tanta informação, assim como aconteceu com ele. Hoje, Tawan já tem quase 8 mil inscritos e um canal com conteúdo muito incrível. Vale muuito a pena conhecer!

Se você é daqueles que morre de medo de tirar o seu dinheiro da conta e investir, esse post é para você. A gente aqui do Yubb, junto com o Tawan, reuniu quatro dicas infalíveis: depois delas você vai perder a insegurança e começar a aplicar!

Para entender melhor, veja o infográfico que a gente preparou. Depois, continue lendo o post para ler as quatro dicas =)

Como perder o medo de investir

Vamos lá, hora de desmembrar esse passo a passo para você perder o medo de investir de uma vez por todas!

1. Pesquise, pesquise e pesquise

Conhecimento é sinônimo de segurança. Quanto mais você souber sobre o assunto, mais seguro vai ficar. Em investimentos, isso também acontece! Se você passar alguns dias se dedicando, lendo o blog do Yubb, vendo os vídeos do Investidor Leigo e procurando informações, tudo fica mais fácil.

“Quando eu comecei, foi muito complicado. Tudo que envolve dinheiro é muito complicado! Até mexer o mouse e clicar em algumas coisas se torna muito difícil. Eu passei mais de dois meses só pesquisando, todo dia eu separava algumas horas da tarde para ficar estudando”, explicou Tawan.

Aliás, foi por isso que Tawan resolveu criar o Investidor Leigo. Ele disse que, na época em que começou a investir, sentiu uma carência muito grande de pessoas que abrissem o seu conhecimento na internet. Por mais que tivessem especialistas falando sobre os assuntos, ele sentiu falta de alguém que fosse gente como ele: leigo! Por isso os seus vídeos são focados em pessoas que estão entrando no mundo dos investimentos e seu conteúdo é bem didático.

Resumindo: pesquise! Infelizmente, ainda não há uma função em que é possível apertar uma tecla e todo o conhecimento entrar na sua cabeça =( É necessário dedicação para pesquisar e conseguir as informações necessárias para perder o medo de investir.

Mas, nesse tópico, tem um detalhe bem importante: você não precisa ser um “expert” em investimentos para começar, ok? Pense que, a cada mês que você está pesquisando, é um mês que você deixa de ganhar os rendimentos do investimento. Ou seja, é muito importante pesquisar, mas você não precisa saber todas as informações sobre todos os tipos de investimento!

Vou te contar um segredo: NINGUÉM sabe de tudo! NINGUÉM mesmo, nem o melhor economista do país! Então pesquise o necessário para isso te trazer mais segurança e você poder investir com mais tranquilidade.

2. Escolha bem as instituições financeiras

Primeiro investimento da vida do Tawan: ele ia investir R$ 30,00 em um título do Tesouro Direto. Então ele foi lá e fez um TED da conta corrente dele do banco A para a conta dele na corretora X. O que ele não sabia é que não eram exatos R$ 30,00 e faltavam alguns centavos. Ele foi lá e fez outro TED de R$ 5,00 – para não ter erro! Resultado: o banco A cobrava uma taxa de R$ 8,00 por TED realizado e, nessa brincadeira, ele perdeu R$ 16.

Tawan dá a dica: “Faça uma boa pesquisa entre os bancos e as corretoras! O seu banco tem taxa zero para transferências? Se não tiver, migre para um banco digital que você não terá custo nenhum! E a corretora? Ela tem taxa zero sobre os investimentos de renda fixa? Existem várias no mercado que têm, então procure elas e invista!”.

Ou seja, existem inúmeras instituições financeiras no Brasil e, antes de sair investindo, pesquise (ou pergunte!) quais serão os custos para aquele investimento, planeje a abertura de contas… Escolha bem onde você vai deixar o seu dinheiro!

Isso também vale para o risco. Muita gente tem medo de investir em bancos “desconhecidos” porque acha que ele vai falir e não é bem assim que funciona. O Banco Central está sempre de olho nas instituições financeiras e, no site, você consegue acompanhar a saúde de todas elas.

“Muitas pessoas veem bancos pequenos com taxas melhores e têm medo de investir. Não pode acontecer isso: é só pesquisar e começar a aplicar! Investimentos garantidos pelo Fundo Garantidor de Créditos (FGC) são boas opções para começar”, disse Tawan.

Escolha um banco digital que possui taxa zero para transferências, uma corretora com taxa zero de “corretagem” e pesquise a saúde financeira das duas. Não tem como dar errado!

Tawan Tayron
Esse é o Tawan, do canal Investidor Leigo! =)

3. Invista em renda fixa

Os investimentos são divididos entre renda fixa e variável. A diferença não vem ao caso agora, mas o que você precisa saber é que os investimentos em renda fixa são muito mais conservadores que os de renda variável. Isso significa que investir em Tesouro Direto, CDB, LCI, LCA e RDB, por exemplo, é muito menos arriscado do que aplicar o dinheiro em ações e bitcoins.

“Renda fixa não é difícil: as regras do jogo nunca mudam! Se você se dedicar com calma, é tranquilo compreender. Eu comecei por Tesouro Direto, que é o mais simples de todos, e depois fui partindo para CDBs e outras aplicações. Essa é a melhor forma de começar”, sugeriu Tawan.

É necessário ter calma para perder o medo de investir. Como dissemos ali em cima, você não vai conseguir saber tudo de primeira, então o importante é perder o medo e realizar o primeiro investimento. Depois de ter visto como funciona, é muito mais fácil ir criando experiência.

E essa dica é super válida quando se trata de tipos de investimento. Começar por Tesouro Direto, por exemplo, é uma ótima opção. Aos poucos, você vai querendo colocar o dinheiro em outras coisas e, quem sabe, no futuro, ganhar dinheiro investindo em bitcoins! O importante é começar do mais básico e ir evoluindo 😉

4. Comece com pouco

A mesma dica que a gente acabou de dar vale para o investimento inicial. É o Tawan dizendo: “Invista com o valor mínimo para conhecer como funciona e depois, quando se sentir mais à vontade, faça aportes maiores”.

“Ué, vocês estão falando durante todo o texto que eu preciso perder o medo e investir. Eu separei R$ 1.500,00 para isso e agora não vou poder aplicar?”. Calma, não é isso! É claro que você vai poder aplicar, mas tenha paciência.

Como você nunca realizou um investimento, é melhor você começar com valores pequenos para sentir o ambiente e perder o medo de investir. Você sabia que, no Tesouro Direto, é possível investir com R$ 30,00? E que existem CDBs de a partir de R$ 1,00?

Comece com menos dinheiro inicial. Dessa forma, você vai entender como funciona o sistema, descobrir se a corretora que você escolheu é bacana, vai colocar a mão na massa mesmo! Aí, depois de se sentir mais seguro, vai lá e investe seus R$ 1.500,00 =)

 

O mundo dos investimentos não é nenhum mundo sobrenatural cheio de monstros para te assustar. Na verdade, é só um mundo novo! A gente sabe que o novo pode dar medo, mas se você seguir essas dicas e relaxar, tudo fica muito mais fácil e você vai perder o medo de investir. Diz aí Tawan: “Por mais que pareça difícil e complicado, é só a primeira vez! Depois fica tudo mais simples”.

 

E aí, entendeu como perder o medo de investir? Deixe sua história aqui nos comentários =)