Como sair das dívidas em 2019: 6 dicas

como sair das dívidas em 2018

Não tem nada pior do que começar um novo ano com preocupações, não é mesmo? E se forem preocupações financeiras, pior ainda! Muitos brasileiros estão endividados e querem mudar essa situação em 2019. Mas a questão é: como sair das dívidas?

É importante frisar que eu estou falando sobre as dívidas “ruins”: a famosa inadimplência. Exemplos: deixar de pagar a conta de energia e de água, não conseguir quitar a fatura do cartão de crédito, entrar no cheque especial do banco e etc.

“Ué, mas existem dívidas ‘boas’?” Sim! São aquelas dívidas que você faz “de propósito” e que você está se planejando para pagar. Um financiamento de carro ou uma passagem aérea parcelada em 10 vezes no cartão, por exemplo. Mas é essencial lembrar que essas compras também não deixam de ser dívidas e você precisa se organizar para pagar tudo no prazo certo.

Aqui no Yubb, nós sempre trabalhamos para que você aprenda a cuidar do seu dinheiro e não precise se preocupar com dívidas. Mas nós sabemos que nem sempre isso é tão fácil e uma situação ruim pode acontecer. Confira 6 dicas imperdíveis para você sair do vermelho e ter um 2019 azul =)

como sair das dívidas em 2019

1. Entenda sua situação

Já ouviu falar em “negação”? É uma situação em que a pessoa não quer aceitar o seu próprio momento e fica negando os problemas da vida. Nas finanças pessoais, isso é muito comum. Algumas pessoas não aceitam as suas dívidas e seguem vivendo normalmente como se nada estivesse acontecendo. Dica: NÃO FAÇA ISSO! Pegue um papel e uma caneta e liste todas as suas dívidas. Centavo por centavo, descubra quanto você está devendo e entenda qual é a sua situação.

2. Crie um planejamento

Agora é a hora de planejar! Sabe aquelas metas para o ano? Inclua “sair das dívidas” como uma das metas. Como você já sabe o valor que está devendo, é o momento de fazer as contas e descobrir quanto você precisa economizar mensalmente para conseguir quitar tudo. Durante o ano, mantenha o hábito de anotar tudo que você ganha (receitas) e tudo que você gasta (despesas). Com isso, fica muito mais fácil saber onde economizar e como planejar o mês seguinte para, aos poucos, pagar tudo que você deve.

3. Economize

Como já dizem os americanos: “There’s no free lunch”, ou seja, “Não há almoço de graça”. Isso significa que você precisa abrir mão de algumas coisas para conseguir conquistar outras. No caso das dívidas, infelizmente, não há como quitá-las sendo que você continua gastando da mesma forma. É preciso cortar alguns gastos supérfluos e economizar sempre que possível para conseguir pagar tudo. Aprenda a dizer NÃO e será muito mais fácil ver o dinheiro sobrar no final do mês 😉

4. Busque uma renda extra

Você está economizando todos os meses e mesmo assim não dá conta de pagar tudo? Talvez seja o momento de buscar uma renda extra! É claro que não é simples sair de sua zona de conforto e partir para novos mercados, mas ganhar um pouco a mais pode fazer uma grande diferença na sua vida financeira. Pense em itens que não usa e pode vender, procure trabalhos como freelancer, aposte naquele seu talento em culinária… São muitas vertentes que você pode seguir para ter uma renda extra.

5. Troque juros altos por juros menores

Lembra do item #1 em que você listou todas as suas as dívidas? Pegue aquele papel e veja quais são os juros de cada uma. Essa é a hora de colocar a calculadora para funcionar e fazer as contas de quais dívidas estão te trazendo mais dor de cabeça. E, se for possível, troque juros altos por juros menores.

Ao invés de ficar com a dívida do cartão de crédito (que tem juros altíssimos!), procure um empréstimo que cobra taxas menores. Essa troca também vale a pena na hora do pagamento. Busque sempre priorizar o pagamento das dívidas com juros altos. Assim, você vai diminuindo a sua perda e, no final, vai ficar com as menores taxas (que são bem mais fáceis de pagar).

6. Faça compras à vista

Uma pessoa que está endividada nunca deve se afundar em mais dívidas. É claro que, quando você está naquela situação, vira uma bola de neve e, quando vê, já está enfiado em mais contas para pagar. A última dica é: faça compras à vista! Evite ao máximo usar o cartão de crédito para parcelar os seus gastos porque isso só faz com que você tenha menos noção do seu dinheiro e também é uma porta de entrada para você acumular mais dívidas.


Gostou das dicas sobre como sair das dívidas? Vai aplicá-las em 2019? Quero saber tudo! Deixe seu comentário aqui embaixo 😉