Entenda o que é um robô de investimento

1
242
O que é robô de investimento?

Nos tempos de hoje, muita coisa é automatizada. Bancos, contas, aparelhos eletrônicos, redes sociais… As máquinas estão realmente fazendo um grande trabalho. Mas você sabia que isso também existe no mundo dos investimentos? Sim, existe um conceito chamado robô de investimento – é o chamado robot-advisor (robô consultor).

“Como assim? Uma máquina vai mexer com o meu dinheiro? Socorro!”

Sem desespero! O conceito é muito mais simples – e seguro – do que você imagina. Basicamente, robô de investimento é uma empresa que faz o serviço de uma gestora de aplicações. Ou seja, com base em seu perfil, eles encontram quais são os melhores investimentos para você e fazem diversas aplicações para ter a rentabilidade máxima.

Ainda confuso? Para entender tudo sobre isso, a gente conversou com três empresas que são os maiores robôs de investimento do Brasil: Warren, Magnetis e Vérios. Veja nosso infográfico abaixo e continue lendo o texto que vem depois!

O que é robô de investimento?

O conceito

Pelo infográfico, já deu para entender um pouco mais, né? Resumidamente, o robô de investimento realiza o serviço de distribuição de recursos para você. Por ser totalmente automatizado, o investidor tem a segurança de que aquelas opções são as que rendem mais no mercado.

O CEO da Vérios, Felipe Sotto-Maior, disse que a proposta é usar a tecnologia para te ajudar a ter uma carteira de investimentos diversificada, com custos reduzidos e manutenção automática. “Cuidamos de tudo para que o cliente não precise se preocupar com seus investimentos e tenha mais tempo para fazer outras coisas”, contou Felipe.

Um exemplo prático: você tem R$ 20.000,00 para investir. Já passou o dinheiro de sua conta para uma corretora e está buscando os melhores investimentos pelo Yubb. O problema é que você não sabe direito onde investir, se é melhor colocar tudo no investimento A ou colocar só metade, se é melhor deixar uma parte em alguma aplicação com liquidez diária… Enfim, está confuso!

O papel do robô é clarear a sua mente. Com base no seu perfil investidor e, principalmente, em seus objetivos, o robô cria uma carteira de investimentos personalizadas para você. Como você é mais conservador, vai apostar em aplicações menos arriscadas.

40% do seu dinheiro vai para o investimento A já que você quer fazer uma viagem no ano que vem, 30% para o investimento B já que tem o sonho da casa própria e o resto vai para o investimento C que tem um retorno a longo prazo já que você pensa no futuro de seus filhos.

Assim, o investidor consegue seguir sua estratégia, sem atrasos e sem influência de fatores externos, como o seu humor. Com um robô cuidando dos seus investimentos, você ganha tempo para coisas mais importantes”, disse Felipe.

O robô vai pegar o seu dinheiro, aplicar em ativos diversificados de acordo com o que você precisa e, melhor, ele vai acompanhar a rentabilidade desses ativos para você. Sempre que surgir alguma oportunidade melhor, o dinheiro vai para lá: se algum está rendendo pouco, ele tira e coloca para outro. É um serviço de gestão mesmo que faz tudo pra você =)

Como funciona o robô de investimento na prática?

Bom, o funcionamento é bem simples. Alguns detalhes diferem de empresa para empresa, mas no geral, é o mesmo processo. O usuário entra no site ou app do robô de investimento, preenche um formulário para que o sistema descubra qual é o seu perfil e quais são seus objetivos financeiros.

O Tito Gusmão, CEO da Warren, costuma dizer que os objetivos são a parte mais importante para a escolha dos investimentos ideais. “Escolher os investimentos só pelo perfil é uma forma errada já que tudo depende dos seus objetivos. Você quer viajar para a Austrália? Se aposentar cedo? Comprar um carro? Isso que define para onde vai seu dinheiro”, disse.

Depois de ter perfil e objetivo definidos, basta você abrir uma conta em uma corretora (que, normalmente, precisa ser parceira do robô), transferir o dinheiro que deseja investir e deixar na mão do robô. Ele cuidará de todos os seus investimentos e fará todo o trabalho por você.

O nome robô parece muito impessoal, né? O Tito não gosta de usar essa expressão. Mas não ache que o seu dinheiro estará largado em algoritmos e base de dados, não. As empresas têm equipes especializadas que sempre estão disponíveis. “A plataforma é 100% focada nas aplicações. O investidor pode acompanhar a evolução dos investimentos, quanto está rendendo… Tudo pela área logada”, explica Tito.

Vale explicar que o investidor tem total poder de decisão sob seus investimentos. O robô apresenta sugestões de aplicações e o cliente tem a opção de aceitar ou não. Está com receio de deixar seu dinheiro na mão do robô? Pode ficar tranquilo! Você sempre estará por dentro de tudo.

Quais são as vantagens?

“Já entendi o que é. Mas por que devo escolher um robô ao invés de investir da maneira tradicional?”

“A maior vantagem é a forma inteligente de investir”, afirma Tito. De acordo com ele, a plataforma cuida de suas aplicações de uma maneira automatizada que consegue chegar mais rapidamente aos seus objetivos. Ou seja, o cliente consegue uma rentabilidade líquida maior já que a inteligência artificial monitora os melhores investimentos do mercado.

Também é bacana dizer que qualquer um pode investir com robôs! “A proposta é criar uma nova geração de investidores, dar acesso para qualquer pessoa aplique seu dinheiro, tudo digitalmente. A partir de R$ 100 de aporte, você começa a investir na Warren”, conta Tito.

Mesmo quem não tem experiência, pode começar a investir com as gestoras. O Luciano Tavares, CEO da Magnetis, disse que o processo é muito simples e faz com que consiga atingir todos os públicos. “Muitas pessoas fazem uma confusão com a quantidade de produtos disponíveis. Nosso papel é ser fácil, intuitivo e auxiliar o cliente para encontrarmos os melhores investimentos para ele”, contou.

Diferente de uma corretora ou um banco, os robôs prestam consultoria aos clientes e esse é um ponto-chave na confiabilidade e transparência das plataformas. “Não há conflito de interesse. A remuneração da Magnetis, por exemplo, é 100% a taxa de consultoria. Ao contrário do banco ou da corretora, não temos nenhum incentivo financeiro para empurrar produtos ao cliente”, explicou Luciano.

É seguro?

Você já entendeu o conceito e descobriu como funciona. Mas, e aí, é seguro ou não investir com robôs?

A resposta simples é “Siiim!”, mas a gente vai explicar o porquê. Como você leu aí em cima, os robôs têm a função de gerenciar o seu investimento e te prestar uma “consultoria”. Dessa forma, eles usam os ativos que estão no mercado. “Os mesmos produtos que você escolheria por fora são os que vamos colocar em sua carteira. Existem tipos de investimento mais ou menos arriscados, mas esse risco independe do robô”, explica Luciano.

Ou seja, os riscos dependem do tipo de investimento que você escolher para aplicar seu dinheiro e não pela forma que a quantia será aplicada (neste caso, por meio do robô).

Exemplificando um pouco pra ficar mais fácil de entender: existem os investimentos de renda fixa, o Tesouro Direto, ações, entre outros tipos de investimento. Você pode investir sozinho nesses produtos ou pode escolher o robô para fazer esses investimentos para você de forma mais inteligente e automatizada. Os investimentos são os mesmos. O robô vai investir nos mesmos lugares investidos por você. Só muda a forma.

Resumidamente: vale a pena conhecer os robôs de investimentos. É uma maneira automatizada (e segura!) de realizar aplicações que pode facilitar a vida de muita gente!

Mas e como eu faço para encontrar os robôs de investimento?

Arrasou na pergunta! A gente mostra pelo Yubb os principais robôs de investimento do Brasil para você poder investir:

  • pra encontrar os investimentos da Magnetis — clique aqui.
  • pra encontrar os investimentos da Warren — clique aqui.
  • pra encontrar os investimentos da Vërios — clique aqui.

Se quiser conhecer esses robôs mais a fundo, fizemos vídeos incríveis com Magnetis, Warren e Vérios.

Você com certeza vai gostar dos robôs! =)

 

Entendeu o que é um robô de investimento? Ficou com alguma dúvida? Comente aqui embaixo!

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.