Qual é o melhor investimento de curto prazo?

0
94
investimentos de curto prazo

Se você tiver o plano de viajar daqui a 10 meses, o que você faz? Junta o dinheiro e coloca na poupança? Vai juntando uma quantia por mês e deixa na conta corrente? Afinal, investir não é uma boa ideia nesse caso já que investimento é sinônimo de dinheiro “preso” por muito tempo, certo? Errado! Você pode colocar seu dinheiro em um investimento de curto prazo para ganhar mais e realizar seu sonho!

Diferente do que a maioria das pessoas pensa, investir é uma boa ideia para todos os tipos de objetivos de vida. Existem investimentos com prazos de vencimento longos (mais de 10 anos!), mas também existem investimentos com “vida curta”, a partir de 30 dias! Sim, no Yubb você encontra aplicações a partir de um mês.

Na hora de investir, você precisa definir por quanto tempo aquele dinheiro deve ficar rendendo, ou seja, você precisa definir o prazo de vencimento. Só para ficar mais claro: curto prazo significa um período de, no máximo, 2 anos; médio prazo é um período de 2 a 5 anos; e longo prazo é um período maior que 5 anos.

Ao determinar isso, fica mais fácil escolher qual tipo de investimento é o melhor para seu bolso. Se você está querendo um investimento de curto prazo, fique com a gente! O Yubb vai te mostrar as melhores opções =)

Que tal o longo prazo?

Tem certeza que o seu objetivo é de curto prazo? Calma, a gente não está duvidando de você! Essa pergunta é muito importante já que, no mundo dos investimentos, é sempre bom pensar no futuro e se planejar para deixar o dinheiro rendendo pelo máximo de tempo possível.

Se você não está visando nenhum objetivo específico, que tal investir no longo prazo? O brasileiro costuma ser muito imediatista. Chega a dar calafrio deixar o seu dinheiro preso por mais de dois anos, né? Mas não precisa ser assim!

Ao deixar o dinheiro investido por mais tempo, os juros trabalharão a seu favor e cada vez você ganhará mais. Na hora de escolher o investimento, se você não tiver nenhum objetivo específico (só quiser aumentar o patrimônio) ou se estiver pensando em um futuro tranquilo, escolha prazos de vencimento mais longos.

Basta se planejar para deixar o dinheiro aplicado – ou seja, tenha uma reserva de emergência – e “esqueça” que o seu dinheiro está lá. Deixe o valor rendendo e, quando você for resgatar depois de alguns anos, vai ver que o rendimento foi maior do que você imaginava.

Por outro lado, se você realmente quer investir a curto prazo por causa de um objetivo específico, vá fundo! Exemplos: está planejando uma viagem daqui a alguns meses, quer comprar algum bem nos próximos meses, precisa pagar um curso no próximo mês… Basta se planejar, ler o resto do post sobre quais investimentos são bons no curto prazo e realizar o seu sonho em um futuro próximo 😉

investimento de curto prazo

CDB

A primeira opção de investimento de curto prazo é o CDB – Certificado de Depósito Bancário. Há quem diga que os CDBs são os queridinhos dos brasileiros por terem boas rentabilidades e muita segurança. Ele é um investimento em renda fixa, é emitido por bancos e pode ser distribuído por bancos e corretoras.

A segurança do CDB está no Fundo Garantidor de Créditos (FGC). Se você investir até R$ 250.000,00 por CPF e por grupo financeiro, você está garantido. Isso significa que, caso a instituição financeira quebre, o dinheiro é inteiramente devolvido para você.

O bacana do CDB é que ele pode ter liquidez diária ou no vencimento. Isso significa que, caso você não possua uma reserva de emergência, não precisa ter medo! É só escolher um que tenha liquidez diária e você poderá resgatar o seu dinheiro a qualquer momento. Dica: se você quiser mais rentabilidade, escolha um título com liquidez no vencimento.

Os CDBs são boas opções para curto prazo já que oferecem prazos de vencimento que vão desde 30 dias até vários anos. E o melhor? Dá para investir com a partir de R$ 1,00 =)

LCI ou LCA

A Letra de Crédito do Agronegócio (LCA) e a Letra de Crédito Imobiliário (LCI) são dois títulos em renda fixa privada que são ótimos para quem precisa de um investimento de curto prazo. Por serem muito parecidas e terem as mesmas características, vamos uni-las em um único tópico.

A característica mais importante das Letras é a isenção de imposto de renda. Está querendo investir e fugir do leão? Vá de LCI e LCA! Elas são emitidas por bancos e distribuídas por bancos e corretoras.

Assim como o CDB, a segurança da LCI e da LCA está no Fundo Garantidor de Créditos (FGC). Se você investir até R$ 250.000,00 por CPF e por grupo financeiro, você está garantido. Isso significa que, caso a instituição financeira quebre, o dinheiro é inteiramente devolvido para você.

Para investir em LCI e LCA, você precisa ter um pouco mais de planejamento já que só existem títulos com liquidez no vencimento. Ou seja, seu dinheiro ficará “preso” até a data final de resgate. Isso pode parecer ruim, mas, com planejamento, pode ser uma vantagem! Afina, a rentabilidade pode ser mais alta.

As LCIs e LCAs são ótimas opções para curto prazo já que seus prazos, normalmente, vão de 3 meses até 24 meses. Investimento mínimo costuma ser R$ 1.000,00.

Tesouro Direto

A última opção de investimento de curto prazo é o Tesouro Direto. Diferente dos dois outros itens, ele é um investimento de renda fixa pública, ou seja, é emitido pelo governo federal. Para investir nos títulos do Tesouro Direto, é necessário ter uma conta aberta em uma corretora.

A segurança dos títulos estão no próprio Tesouro Nacional. A maioria dos especialistas diz que esse é o investimento mais seguro do Brasil, já que é garantido pelo próprio governo federal, ou seja, a organização com mais poder e dinheiro de todo o país!

Normalmente, os prazos de vencimento do Tesouro são mais longos. Dificilmente você vai encontrar algum título para os próximos dois anos. “Ué, mas o que ele está fazendo na lista de investimentos de curto prazo?”. É simples! Todos os títulos possuem liquidez diária, ou seja, você pode resgatar seu dinheiro a qualquer momento.

Porém, fique atento à “pegadinha” da liquidez! Ao resgatar o dinheiro antes do prazo oficial de vencimento, você venderá o seu título pelo valor que ele vale naquele dia e não pelo valor que estava combinado no início. Isso significa que você pode perder dinheiro (ou até mesmo ganhar!).

Se você está com algum objetivo muito específico, vá no Tesouro SELIC! Ele é o único título do Tesouro Direto que está fora dessa pegadinha e que não sofre nenhuma alteração caso você resgate antes do tempo combinado. Ou seja: com o Tesouro SELIC, você nunca vai perder dinheiro se resgatar antes do vencimento!

Quer saber o melhor? Dá para comprar títulos do Tesouro com a partir de R$ 30,00 e ele é um investimento mais seguro que a poupança (e que renda bem mais!).

 

É claro que existem outros tipos de investimento de curto prazo, mas neste post a gente separou aqueles que são mais simples e mais seguros. Afinal, não dá para ter dor de cabeça para alcançar um objetivo em um futuro próximo, né? =)

 

Escolheu o seu investimento de curto prazo? Se tiver qualquer dúvida, comentário ou opinião, manda para a gente aqui embaixo 😉