Como economizar o dinheiro do final do ano e fazer bons investimentos

0
11
como investir dinheiro no final de ano

Pode não parecer, mas já estamos no final de ano. Outubro já está acabando e, com isso, 2018 vai se aproximando de seu encerramento. Chega, assim, o momento de fazer aquela tradicional avaliação sobre o ano que passou: que metas você tinha planejado no começo do ano e cumpriu? E quais delas você deixou pela metade ou nem apenas começou?

Entre os desejos mais comuns estão a mudança de hábitos alimentares e esportivos, foco maior na carreira profissional ou em estudos e, também, uma nova maneira de encarar a forma como se lida com as finanças pessoais e investimentos.

Agora, já no final de ano, chega o momento de colocar na balança quais dessas metas foram cumpridas e pensar em como é possível melhorar esse caminho. Hoje, o BTG Pactual digital escreve no blog do Yubb sobre como usar essas últimas semanas do ano como uma oportunidade de cuidar melhor das finanças para chegar em 2019 já com um plano consolidado, investindo e cuidando de seu patrimônio adequadamente.

Para isso acontecer, listamos aqui três passos que são cruciais para que o seu bolso comece o próximo ano com o pé direito. Para começo de conversa, o ponto de partida desta jornada é entender melhor seu momento de vida atual.

como investir dinheiro no final de ano

1. Entenda em que momento sua vida está

Esse é o primeiro ponto para conseguir se organizar: entender o que você quer com o dinheiro para os próximos anos ao mesmo tempo em que pensa como está a sua vida financeira hoje. Por exemplo: se você é uma pessoa jovem que quer comprar uma casa nos próximos anos, talvez seja a hora de começar a fazer um plano de investimentos para realizar esse objetivo. Já se você é alguém mais velho e endividado, por exemplo, um enxugamento de despesas e renegociação de dívidas podem ser planos adequados para se adotar nesse caso.

É claro que também é crucial que você analise se os seus objetivos são factíveis com a sua realidade atual. Uma pessoa de classe média, em um caso hipotético, até pode ter o sonho de comprar um carro esportivo de luxo, mas precisa estar ciente de que essa é uma meta muito difícil de ser alcançada e que envolverá uma grande mudança de estilo de vida e sacrifício financeiro.

Assim, estabeleça metas financeiras para atingir seus objetivos no futuro e veja, também, se elas são factíveis com a sua realidade e com o que deseja para si mesmo.

2. Cuide da sua saúde financeira

A partir do momento em que você tem uma noção clara do seu momento de vida, descobre para onde pensa em seguir com suas finanças. Caso existam dívidas, a hora é de se esforçar ao máximo para se livrar delas, começando pelas que têm os juros mais altos e podem ser mais danosas para o orçamento. Se possível, renegocie seus débitos e tente encontrar condições mais vantajosas para fazer seu pagamento, seja em parcelas que ocupem uma parte menor de seu orçamento ou mesmo com juros menores.

Se você está endividado, outra questão crucial é enxugar suas despesas ao máximo. Veja aquilo que é dispensável de suas contas e deixe de lado alguns luxos: faça mais refeições em casa e troque aquela academia cara por uma mais em conta (ou mesmo por exercícios ao ar livre, por exemplo). Essas pequenas medidas podem fazer total diferença para o seu bolso.

Além disso, o final de ano é uma época cheia de armadilhas financeiras mesmo para quem não está endividado, uma vez que, com as festas dessa época, surgem gastos com presentes, viagens e refeições fora de casa. Toda essa maratona de gastos no final de ano pode ser acompanhada de mais problemas em janeiro, quando surgem custos com automóvel, matrícula, material escolar, entre outros. Ou seja, é preciso pensar muito bem nas finanças durante essa época para não começar 2019 com o bolso enrolado.

Não adianta pensar na sua saúde financeira como algo que pode ser adiado. O tempo é sempre aliado de quem está investindo o dinheiro e inimigo de quem está endividado. Assim, ao invés de protelar esse objetivo para que ele eventualmente se torne uma resolução de ano novo que pode não ser cumprida, o que acha de começar agora? Faça as contas, organize suas planilhas e veja como lidar melhor com seu dinheiro.

3. Comece a investir

Ao invés de encerrar 2018 com gastos financeiros desmedidos, que tal cuidar um pouco mais das suas finanças e investir seu dinheiro já? Ao invés de deixar para o começo do ano que vem, que tal iniciar 2019 já com uma rotina de investir e guardar seu dinheiro regularmente? Para quem está começando a investir, é possível aplicar no BTG Pactual digital com apenas R$ 30,00 em títulos do Tesouro Direto sem grandes problemas.

O Tesouro Direto é, inclusive, considerado por muitos especialistas uma excelente porta de entrada para quem está começando o caminho nos investimentos. Afinal, além de seu baixo valor mínimo, ainda é um programa de investimentos tido como o mais seguro do país.

Na hora de começar a investir, além de saber seus objetivos e sua capacidade de poupança de dinheiro, outro ponto bastante importante é entender o seu perfil de risco. Afinal, sua tolerância a perdas também é um quesito fundamental na hora de começar a investir.

De qualquer forma, saiba que, no BTG Pactual digital, você conta com uma assessoria pronta para ajudá-lo a fazer as melhores aplicações. Sem nenhuma taxa de abertura ou manutenção de contas, sem cobrança pra envio de TED, sem taxa de custódia para aplicações em títulos de renda fixa e no Tesouro Direto e sem taxa de carregamento de entrada ou de saída na previdência.

 

Gostou das dicas de finanças para o dinheiro do final de ano? Se tiver alguma dúvida ou comentário, deixe aqui embaixo!

 

BTG Pactual Digital

O BTG Pactual Digital é uma plataforma de investimentos que tem como missão democratizar as melhores aplicações financeiras para todos os brasileiros e conta com a experiência do maior banco de investimentos da América Latina.

 

As opiniões expostas neste artigo são baseadas na visão do autor e não necessariamente refletem o entendimento do Yubb.