Investir durante a crise é uma boa ideia?

0
39
Investir durante a crise é uma boa ideia?

Não é segredo para ninguém que, desde 2015, o Brasil enfrenta uma forte crise econômica. Nessa história toda, a população acaba sendo a mais afetada: o desemprego não sai das capas dos jornais e revistas e as famílias guardam o pouco dinheiro que sobrou no final do mês para emergências – ou para conseguir pagar o tomate, feijão, batata e outros produtos que sobem e descem de preço. Com tudo isso acontecendo, muita gente se pergunta: “Eu devo investir durante a crise?”.

Isso ocorre principalmente por causa do momento de instabilidade e incertezas e muita gente acha melhor ficar na zona de conforto e não arriscar, esperando por um “melhor momento” para aplicar seu dinheiro. Mas será que isso faz sentido? Existe um momento adequado para investir depois da crise ou o melhor é começar a aplicar mesmo durante um período de turbulência econômica e financeira?

Investir durante a crise

A resposta para a pergunta se vale a pena investir durante a crise é “Sim, é bacana investir mesmo em um período de crise!”. Por mais que a situação possa parecer não muito favorável em um momento de instabilidade, existem investimentos seguros que farão o seu dinheiro render mais do que deixá-lo parado. E, especialmente no momento de crise, é super importante rentabilizar o dinheiro guardado. Afinal, se o salário tá curto e os preços estão altos, você precisa rentabilizar e ganhar mais do dinheiro que já tem guardado.

O pensamento é simples: em um momento de crise econômica, o país está frágil, o desemprego é um problema constante, a média salarial diminui e os preços sobem. Por isso, quanto mais você conseguir guardar dinheiro para investir, mais dinheiro vai voltar para a sua conta depois! Faz sentido, né? =)

Dá uma olhada no infográfico abaixo para entender mais sobre investimentos em tempos de crise e confira o resto do texto que vem depois!

É uma boa ideia investir durante a crise?


Mas, nem tudo são flores, né? Cada caso é um caso.

E se eu estiver endividado?

Como vimos neste post, caso você tenha alguma dívida, investir não é uma boa opção. Todo o dinheiro que sobrar deve ser usado para quitar essas dívidas. Por mais tentador que o investimento pareça, é importante tomar muito cuidado para não transformar uma pequena dívida em uma bola de neve.

É claro que o ideal é que você consiga controlar os seus gastos para não se endividar. Mas, se acontecer, faça um planejamento para pagar as dívidas o mais rápido possível. Dessa forma, você estará livre para investir o quanto desejar.

Então, já sabe: se endividou? Corre para pagar essas dívidas o quanto antes! Com ou sem crise no país, ter dívidas nunca é bom! Depois de pagar todas as dívidas, você pode usar o dinheiro que sobrar para investir durante a crise (ou fora dela), mas nunca antes de terminar de quitar todas as dívidas.

“É crise! Tenho pouco dinheiro sobrando”

“Estamos em crise! No final do mês não sobra quase nada na minha conta. Como eu vou investir?”. Calma! Muitas pessoas falam exatamente isso mesmo!  A gente está aqui para te lembrar que você pode começar a investir com só R$ 1,00 (um real)! E que os investimentos no Tesouro Direto começam a partir de R$ 30,00! Ou seja, esse “quase nada” que sobra já é alguma coisa para começar a investir.

Como a crise é uma época instável, é importante você entender que, quanto mais economizar, mais vai sobrar para investir durante a crise e mais rentável pode ser o investimento. Abrir mão de um jantar em um restaurante mais caro, por exemplo, já é uma economia e pode ser o suficiente para começar. Veja mais dicas para economizar seu dinheiro neste post.

Mas não se esqueça que cada caso é um caso. É sempre necessário guardar um pouco para emergências. Por isso, o mais importante é entender os seus gastos, tentar economizar ao máximo e planejar. Planejamento é tudo na área de investimentos e finanças! =)

O que é essa tal de reserva de emergência?

“Reserva de emergência” é um termo utilizado para se referir a uma quantia de recursos que pode ser utilizada a qualquer momento. Por isso, o nome “emergência”. É a ideia de que, em caso de emergência como perder o emprego, vencer o aluguel e ter que se mudar, ter que ajudar algum parente, entre outras situações. É aquele dinheiro que está lá, pronto e disponível para ser utilizado.

Quer ver alguns exemplos de “reserva de emergência”? Dinheiro no colchão pode ser uma reserva de emergência, já que pode ser usado a qualquer momento se algo acontecer com você. Dinheiro na poupança também tem essa característica. Agora, colchão e poupança não são investimentos! Existem lugares muito melhores para deixar o dinheiro para fazer uma reserva de emergência.

A reserva de emergência é especialmente importante durante a crise. Em um momento de crise, como a insegurança aumenta e a chance de perder o emprego também, é essencial ter uma “reserva de emergência” para ficar mais tranquilo. E para formar essa “reserva de emergência” durante a crise, vários investimentos podem ser usados, especialmente aqueles com “liquidez diária” (ou seja, os investimentos que podem ser resgatados e usados a qualquer momento).

Pesquise o melhor investimento

Tesouro Direto, LCI, LCA, CDBs, RDBs… Existem diversos tipos de investimento! De nada adianta fazer todo o planejamento financeiro e toda a organização para a reserva de emergência e não saber qual investimento escolher. Para fazer essa escolha, você precisa determinar quanto dinheiro vai investir e em quanto tempo deseja resgatá-lo.  

E ah, é muito importante não se basear só em indicações. Se seu amigo se deu muito bem com o investimento X, ótimo! Mas não é por isso que você deve imitá-lo sem pesquisar. Com a internet, é muito fácil fazer análises, entender quais investimentos existem e escolher o que mais se encaixa para o seu momento. (E nisso o Yubb te ajuda muito!).

Como estamos falando em época de crise econômica, todo cuidado é pouco. Planeje, economize, pesquise, tire dúvidas e será muito mais fácil investir durante a crise.  

 

Gostou das nossas sugestões? Está com outra dúvida? Comente aqui embaixo que estamos prontos para te responder!