O que você pode mudar na sua vida pessoal para ter uma vida financeira melhor?

0
45
hábitos para investir melhor

“Falta dinheiro”, “Quero um aumento”, “Não tenho dinheiro para investir”, “Tudo está muito caro”… Essas são frases que estão sempre na boca dos brasileiros. A gente, aqui do Yubb, sabe que não é fácil, mas a pergunta é: o que você está fazendo para mudar isso e investir melhor?

Muita gente separa a vida pessoal da vida financeira. Hora de sair com os amigos não é o momento de falar sobre dinheiro, chegar em casa depois de um longo dia de trabalho não é a hora de pensar em economias e por aí vai. Mas a verdade é que a vida financeira e a vida pessoal estão sempre juntas!

Neste post, vamos te mostrar 5 hábitos que você pode ter na sua vida pessoal que vão te ajudar a ter uma vida financeira mais tranquila, ou seja, guardar mais dinheiro e investir melhor. Confira o infográfico abaixo e corre para ler as dicas =)

hábitos para investir melhor

1. Acompanhar os gastos

Para onde está indo o seu dinheiro? Se você compra uma água na lanchonete da esquina, você anota isso em algum lugar? Pode parecer exagero, mas acompanhar os gastos é um hábito que você PRECISA ter para investir melhor e ter uma vida financeira mais tranquila.

Na prática, é necessário criar algum meio de anotar todas as suas despesas. Você pode comprar um caderno só para isso, criar uma planilha no Excel ou baixar algum aplicativo de organização. O meio não importa! O que importa é anotar tudo aquilo que consome.

Pagou uma conta? Anotou! Comprou um chiclete? Anotou! Gastou com qualquer coisa? Anotou! Nos primeiros meses, pode parecer complicado e trabalhoso. Depois de algum tempo, torna-se um hábito tão comum que não fará nenhuma diferença na sua vida pessoal.

Muitas pessoas deixam de controlar os seus gastos porque têm preguiça ou porque acham que não faz a diferença. Depois de começar a acompanhar as suas despesas, você vai ver a diferença que isso faz na sua vida e nunca mais vai parar de controlar! Ao ter controle sobre o que você gasta, você consegue descobrir onde pode economizar e se planeja para alcançar seus objetivos financeiros.

2. Conversar sobre dinheiro

Quanto o seu marido ganha? Não tenho ideia. Está com problemas de dinheiro? Fale baixo perto dos filhos! Infelizmente, dinheiro ainda é um assunto considerado tabu. Isso precisa mudar! Dinheiro é um tema essencial na vida de todos e precisa ser debatido como qualquer outro assunto.

Neste tópico, não estamos falando do gerente do banco, ok? Não adianta nada conversar sobre dinheiro com o seu gerente ou conversar só no começo do mês (quando precisa pagar as contas). A dica é conversar sempre que possível e em ambientes que não sejam corporativos. Eu sei que pode parecer estranho falar sobre dinheiro na mesa de um bar com amigos, mas a ideia é exatamente essa.

Quando você fala sobre o assunto, você troca experiências com as pessoas, adquire novos conhecimentos e, principalmente, perde o “medo”. Isso é muito importante para você pensar em novas soluções para a sua vida financeira e para investir melhor o seu dinheiro.

3. Rever os gastos fixos

Normalmente, a gente faz muitas coisas mecânicas durante a vida. Começou o mês? Confere se o salário caiu. Caiu? Paga as contas. Pagou? Ufa, agora pode viver o resto do mês! Mas quanto você paga nessas contas? Existe alguma forma de economizar nelas? Aposto que dificilmente você pensa nisso!

Além das contas “tradicionais” como água, luz e energia, ainda existem muitas outras como plano de saúde, TV por assinatura e conta de celular e internet. Muitos brasileiros dizem que, ao pagar as contas fixas, todo o salário já vai por água abaixo. Por isso, aqui a dica é: reveja os seus gastos fixos.

Está gastando muito com energia? Que tal tirar alguns aparelhos da tomada enquanto não usa? O plano da TV está muito caro? Você realmente assiste todos aqueles canais ou pode cancelar? A internet está absurda? Procure uma operadora que ofereça um preço menor.

Chega de viver no modo mecânico! Tire um tempo para analisar as suas contas e ver onde você consegue economizar. Isso vai fazer a diferença na hora de organizar a sua vida financeira e investir melhor!

4. Abrir mão de alguns prazeres

Ninguém merece ficar pensando em “problemas” 24 horas por dia, né? A gente precisa de alguns momentos de tranquilidade e prazer para ter uma vida equilibrada. Mas tome cuidado para a sua vida pessoal não interferir a sua vida financeira! É aquela famosa frase: “No pain no gain“, ou seja, “Sem dor, sem ganho”. É necessário abrir mão de alguns prazeres para ter mais dinheiro.

Fique tranquilo! A gente não está falando para você deixar de sair com os amigos ou jantar em restaurantes bacanas. A dica aqui é abrir mão de ALGUNS prazeres e não todos. Sabe aquele mês que está um pouco apertado? Diga não para aquele happy hour de sexta-feira. Está querendo fazer uma viagem legal no fim do ano? Não vá àquele restaurante chique e coma em casa.

Enfim, não precisa ser radical, mas é interessante dizer alguns nãos para ter aquela economia extra. Se você começar a fazer esses cortes, vai ver a diferença que faz no fim do mês! Vai sobrar muito mais dinheiro para você investir melhor e ter uma vida mais tranquila e com objetivos alcançados.

5. Ser realista

Este item tem muita relação com o hábito #4. É muito importante que você seja realista e viva de acordo com o padrão de vida que você consegue pagar. Se você está endividado e falta dinheiro todos os meses, muito provavelmente você está vivendo com um padrão de vida mais alto do que poderia.

Essa é a dica que mais une vida pessoal e vida financeira. É muito difícil dizer não para um jantar com aqueles amigos que você não vê há anos. Ou tirar os seus filhos de um colégio caro que eles já estão acostumados com os colegas e professores. A gente sabe que é muito difícil! Mas não adianta seguir com algumas vontades e entrar no cheque especial.

Ter uma vida financeira organizada e tranquila é sinônimo de não ter dívidas e investir o dinheiro que sobra no final do mês. Se você está com problemas, é a hora de rever os seus gastos e perceber onde você está gastando mais do que o seu dinheiro consegue pagar.

Se você não está endividado, esta dica também vale para você! Seja realista sobre os seus sonhos e metas, por exemplo. Se você consegue economizar R$ 200 por mês, não vai conseguir comprar um carro de R$ 40 mil à vista dali a um ano, por exemplo. Por isso é necessário colocar os pés no chão para ter uma vida pessoal e financeira tranquila!

 

E aí, o que você vai mudar para investir melhor? Se tiver qualquer dúvida ou comentário, é só deixar aqui embaixo =)