IPCA ou IGP-M: qual é o melhor?

67

Essas duas siglas representam os dois mais importantes índices que medem a inflação brasileira. Mas você sabe a diferença entre eles?

A primeira é nos valores: até setembro de 2020, o IPCA acumulou alta de 0,70% no ano e o IGP-M, 14,47%. 

Mas se ambas medem a inflação do mesmo período e do mesmo país, por que apresentam valores tão diferentes?

O que muda é a forma de calcular a inflação – o termo significa o aumento de preços de bens e serviços de um determinado local. Por conta da infinidade de produtos a serem contabilizados, existem metodologias diferentes para mensurar esse índice. No Brasil, o IGP-M e o IPCA são as mais importantes.

O IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) é o indicador oficial, pois é medido por um órgão do governo, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Basicamente, ele mensura os preços que chegam ao consumidor final.

Para isso, são pesquisados os preços de diversas categorias de produtos e serviços em mais de dez cidades brasileiras (algumas capitais e distrito federal). Neste estudo, os itens são divididos em modalidades que incluem principalmente alimentação, bebidas, transporte, habitação, saúde, vestuário e outros.

Com a desaceleração econômica dos últimos anos e consequente crise do coronavírus, os preços dos serviços continuaram estáveis ou até tiveram queda. Na pandemia, a demanda caiu. Isso explica o fato do IPCA ter ficado controlado, dentro da meta do governo.

Já o IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado) é medido pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) e é o indicador mais usado para regulação de contratos como aluguel, construção, telefonia e energia.

Para medi-lo, é feito uma média ponderada de três outros índices (em parênteses, o peso de cada um deles na conta)

  • IPA: Índice de Preços do Atacado (60%)
  • IPC: Índice de Preços do Consumidor (30%)
  • INCC: Índice Nacional de Custo da Construção (10%)

Ou seja, para composição do cálculo do IGP-M, o peso dos produtos do atacado é muito maior do que o das outras categorias. Por sua vez, o IPA é muito sensível à variação do dólar, já que a maioria das matérias-primas e commodities são cotadas na moeda estrangeira.

Num cenário como em 2020, com uma alta de 30% do dólar, os preços do atacado sofreram muito com essa valorização – fazendo o IGP-M disparar nos últimos 12 meses.

Em se tratando de inflação, não tem como saber qual desses dois indicadores é melhor. Isso porque a forma de calculá-los é totalmente diferente. Por conta disso, é importante conhecer como eles são feitos para que você decida melhor qual deles você pode indexar aos seus rendimentos quando possível.

Quer entender mais sobre esses dois índices, assista ao vídeo abaixo que nós explicamos como isso pode afetar no seu poder de compra e nos seus investimentos:

Gostou do vídeo, Yubber? Acompanhe nossas redes e fique por dentro dos principais assuntos sobre o mercado financeiro! 

Instagram: @yubbinvestimentos / Twitter: @yubb_invest / Youtube: Yubb / Telegram > Clique aqui para entrar no grupo

Artigo anteriorComo investir em um IPO?
Próximo artigoBancos na bolsa: qual é o melhor?
O Yubb é um buscador de investimentos online e gratuito que tem o objetivo de te ajudar a ganhar mais dinheiro.