Fundo Tesouro IPCA e fundo Tesouro Prefixado servem para reserva de emergência?

52

O que será que é melhor para a sua reserva, fundo IPCA, fundo Tesouro Prefixado ou fundo SELIC? No post de hoje, vamos explicar as características da reserva de emergência e como funciona cada um dos três investimentos. Bora aprender?

Características da Reserva de Emergência

O primeiro passo de um investidor é criar uma reserva de emergência, ou seja, uma segurança para quando acontecerem imprevistos. O ideal é ter guardado o valor respectivo a seis meses de gastos, no mínimo. 

Quando você pensa em reserva, alguns elementos muito importantes precisam ser considerados. E eles são: 

Liquidez diária – a reserva de emergência precisa estar alocada em um investimento que possa ser resgatado a qualquer momento.

Alta previsibilidade – ou seja, é importante que o investidor saiba quanto está rendendo e quais são as condições daquele investimento. 

Segurança e conservadorismo – por ser uma reserva de emergência é essencial que esteja aplicada em um investimento que você saiba que não estará perdendo dinheiro, ou seja, que não possui alto risco. Afinal, a reserva serve para momentos imprevisíveis e investimentos de alto risco oscilam muito. 

Agora que você já sabe as principais características, vamos te explicar melhor sobre os fundos Tesouro IPCA, Prefixado e SELIC, no vídeo abaixo. É só preparar o caderninho para anotar e apertar o play!

Gostou do vídeo, Yubber? Acompanhe nossas redes e fique por dentro dos principais assuntos sobre o mercado financeiro! 
Instagram: @yubbinvestimentos / Twitter: @yubb_invest / Youtube: Yubb / Telegram > Clique aqui para entrar no grupo