BDR: o que é e como usá-lo para investir em empresas estrangeiras

63

Você já pensou em investir na Apple, Amazon, Google e outras empresas estrangeiras? Sabia que para isso é necessário que você compre um BDR? Mas afinal, o que é um BDR? Continue lendo, que a gente te conta!

O que é um BDR?

BDR (Brazilian Depositary Receipt) ou Recibo de Valores Mobiliários é um ativo emitido no Brasil, para que investidores brasileiros possam comprar ações de empresas do exterior. 

Basicamente, os BDRs representam as empresas estrangeiras, e assim como outras ações, são negociados na Bolsa de Valores.

No entanto, na prática, investir em um BDR não te torna acionista da empresa, você se torna um acionista indireto- como se fosse um “cotista”. Mesmo assim, se a instituição distribui dividendos, você irá recebê-los. 

Mas, para ser cotista de um BDR, existem restrições. Você precisa ser um investidor qualificado, ou seja, ter mais de R$ 1 milhão em ativos financeiros, o que limita bastante o número de pessoas que podem aplicar nesse modelo de investimento.

Existe uma discussão na CVM (Comissão de Valores Mobiliários), para que essa regra seja alterada, porque se poucas pessoas investem, a liquidez do ativo é muito baixa. Afinal, se poucas pessoas investem no BDR, poucas pessoas estarão vendendo, consequentemente o volume de negociações é menor na Bolsa. 

Quer entender melhor como funcionam os BDRs? No vídeo de hoje, te explicamos e ainda divulgamos a nossa wishlist de grandes empresas estrangeiras. Aperta o play para saber! =)

E aí, já sabia o que é BDR? Tem vontade em investir em empresas estrangeiras? Se tiver qualquer dúvida, manda pra gente nos comentários! 😉