Bolsonaro eleito: onde investir após as eleições

1
87
saiba onde investir após as eleições

As eleições de 2018 chegaram ao fim. Vários deputados, senadores e governadores eleitos por todo o país. No cargo máximo da política brasileira, Jair Bolsonaro levou a melhor e foi eleito para ser o presidente do Brasil pelos próximos quatro anos. Agora, no mundo dos investimentos, fica a grande dúvida: onde investir após as eleições?

O período pós-eleições é sempre uma incógnita e também uma esperança de melhora na economia. O Yubb, o único buscador de investimentos 100% transparente, online e gratuito, preparou este texto especial para te ajudar com isso. Chegou a hora de conhecer as melhores opções!

Neste post, vamos falar sobre as previsões para o cenário brasileiro internamente. Se for para levar em conta o mercado externo, tudo pode mudar! Toda a relação econômica pode ser alterada de acordo com a relação de importação e exportação do Brasil com outros grandes mercados como China e Estados Unidos. Por isso, vamos apenas levar em conta o mercado interno. E ah, um ponto muito importante: este texto não possui nenhum cunho partidário ou de defesa de Jair Bolsonaro e crítica a Fernando Haddad — estamos fazendo apenas uma análise sobre os seus investimentos.

saiba onde investir após as eleições

Renda fixa ou renda variável?

Com a eleição do Bolsonaro, a tendência é que a economia siga na mesma linha que seguiu logo após o primeiro turno. Ou seja, as ações de empresas estatais se valorizando, dólar recuando e, o mais importante no mundo dos investimentos, o mercado de renda variável se fortalecendo frente ao mercado de renda fixa.

Se o Fernando Haddad fosse eleito, grandes chances de o dólar acelerar e bolsa de valores cair. Automaticamente, as importações ficariam mais caras e os preços mais elevados. Preço elevado é sinônimo de pressão de inflação mais alta e inflação mais alta é sinônimo de pressão para o Banco Central (BC) aumentar a SELIC.

Como isso não aconteceu, a previsão é de que haja um contexto mais favorável à manutenção das políticas até então seguidas pelo BC. Em um cenário de SELIC mais baixa, a renda variável se torna uma opção melhor do que a renda fixa, já que a rentabilidade da renda fixa costuma acompanhar a SELIC e o CDI.

No momento atual, é bem provável que o dólar siga uma tendência de queda e que a SELIC se mantenha nas taxas atuais — pelo menos, é essa a opinião dos especialistas brasileiros. Por isso, existe uma aposta maior por investimentos em renda variável como fundos, robôs, câmbio, COE, ETF e etc. Se você está buscando saber onde investir após as eleições, saiba que a renda variável é a melhor opção, de acordo com os especialistas.

Opções de investimentos

Como a renda variável está mais chamativa que a renda fixa, o Yubb separou alguns investimentos mais arriscados que podem ser ótimas opções para quem está procurando onde investir após as eleições.

Vale lembrar que são apenas sugestões que foram baseadas no que aconteceu com o mercado depois do primeiro turno. O cenário político e econômico de um país pode sempre se modificar e não é possível prever o futuro com muita certeza.

Também é importante frisar que essas dicas de investimento só estão levando em conta o momento político do Brasil. Para você escolher o melhor investimento, é necessário levar em conta o seu perfil-investidor, objetivo financeiro e quais características busca em uma aplicação. Não sabe como? Descubra aqui como escolher o melhor investimento.

1. Fundos de investimento

O fundo de investimento não é um produto, mas sim um serviço. Ele funciona como um condomínio: você, investidor, compra cotas de determinado fundo e se torna cotista. O gestor do fundo e sua equipe têm a função de organizar o dinheiro dos cotistas e investir em diferentes ativos buscando a maior rentabilidade.

Com o Bolsonaro eleito, os fundos são uma boa opção, já que os gestores podem alocar o dinheiro em ativos mais arriscados (renda variável). Fundos multimercado e fundos de ações têm boas oportunidades para esse período, pois unem a experiência dos gestores com o risco da renda variável.

2. Robôs de investimento

Os robôs são bem similares aos fundos, mas com a diferença de que o processo é automatizado. Eles são empresas de investimento modernas e tecnológicas (fintechs) que gerenciam o seu dinheiro. No Brasil, são quatro robôs que existem no mercado: Magnetis, Monetus, Vérios e Warren.

Ao investir em robôs, o seu dinheiro vai para diferentes ativos de acordo com o seu perfil de risco. No período pós-eleições, podem ser uma ótima opção, já que uma parte de seus recursos será alocada em renda variável, mas a diversificação é feita de acordo com o seu perfil. Ou seja, é “o melhor dos dois mundos”.

3. Ações

Ao pensar em risco e renda variável, “ações” é a primeira palavra que vem a cabeça, certo? Ação é um título que pode que representa uma pequena parcela de uma sociedade de capital aberto. Ao comprar uma ação de determinada empresa, você está comprando “uma parte” daquela empresa. A negociação desses títulos é feita na bolsa de valores ou no mercado de balcão.

Como já dissemos ali em cima, ações das empresas provavelmente vão se valorizar com a eleição do Bolsonaro. Já que o rendimento das ações vem justamente do lucro das empresas, é um ótimo momento de comprar ações para ganhar mais dinheiro. Fique de olho em empresas estatais: com as promessas de privatização por parte de Bolsonaro, muitos especialistas têm indicado ações de empresas estatais para o momento atual.

Sempre lembrando que o mercado de ações exige experiência e conhecimento porque é uma área mais complexa que sofre muitas oscilações. Da mesma forma que você pode ganhar muito dinheiro, também pode perder tudo. Então, fique atento e faça as operações com cautela!

 

Gostou das dicas sobre onde investir após as eleições? Com o Bolsonaro eleito, acha que a economia vai melhorar ou piorar? Deixe a sua opinião aqui embaixo nos comentários!

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.