Inicio Blog Página 34

Onde economizar dinheiro?

Nós sempre falamos aqui no Yubb que é possível investir com pouco dinheiro. Mas precisamos reconhecer uma verdade: para investir, você precisa de algum dinheiro, certo? Ainda não foi inventada uma forma de investir que permita ganhar um rendimento sem fazer nenhum investimento inicial! E, na hora de investir, muitas pessoas costumam dizer que não podem investir por falta de dinheiro. É sobre isso que vamos falar hoje, fazendo um paralelo com a importância de economizar dinheiro.

Em outras palavras: para investir, você precisa fazer uma aplicação inicial que receberá rendimentos (rentabilidade) com o passar do tempo. Mas de onde tirar esse dinheiro para a aplicação inicial? A melhor alternativa é guardar uma parte do seu salário ou dos seus recursos mensais. Por exemplo: separar de 10% a 20% de tudo o que você ganha por mês para investir. Assim, se você ganha R$5.000 por mês, entre R$500 e R$1.000 seriam destinados aos seus investimentos todos os meses.

É aí que muitas pessoas dizem que não possuem essa possibilidade porque gastam praticamente todo o seu salário por mês (um péssimo comportamento, hein!). Não é nada bom gastar tudo o que recebe. Pior ainda é gastar mais do que recebe por mês e se endividar – você se lembra do nosso último post neste link sobre pagar dívidas ou investir, certo? Bom, a conclusão óbvia de quem gasta todo o dinheiro do mês é que não tem dinheiro para investir.

Mas as coisas não são exatamente assim. Essas pessoas que dizem não ter dinheiro no final do mês para investir muitas vezes enxergam os investimentos como valores altos, uma grande quantidade de dinheiro, uma economia muito grande que precisa ser feita ao longo dos anos para finalmente poder investir. A realidade não é bem essa: existem vários investimentos para você aplicar valores baixos. Para isso, o importante é economizar dinheiro! 

 

Algumas dicas para você economizar dinheiro

Por isso, antes de contar mais sobre as possibilidades de investimento aplicando pouco, queremos te mostrar algumas das coisas que você pode fazer para começar a economizar R$100. Isso aí: economizando R$100, você já pode começar a aplicar o seu dinheiro.

Algumas dicas para você economizar R$100 no seu dia-a-dia:

Algumas formas para você economizar dinheiro e guardar pelo menos R$100,00.

 

Com base nessas dicas, uma coisa é certa: com uma só dica você consegue economizar (pelo menos) R$100. Se seguir mais de uma dica, a quantia de economia vai ser ainda maior. Agora, se você quiser economizar dinheiro de verdade e seguir várias das dicas, com certeza você vai ter, em pouco tempo, uma quantia já considerável para investir. Mais do que R$1.000 com certeza!

E após fazer tudo isso e economizar dinheiro, você vai ter recursos para poder aplicar. Agora, digamos que você seguiu só uma dica (o que já é importante!) e está com R$100. Será mesmo que dá para investir tão pouco dinheiro?

 

Opções para investir R$100

Aqui é o momento em que você vai se surpreender. Vai ser a “deixa” para você chegar na próxima roda de amigos e contar pra todo mundo: SIM, dá pra investir a partir de R$100! Quem disse que aplicar dinheiro é só pra quem tem muito dinheiro? Nada disso. Quer ver só?

Com R$ 100,00, você já pode investir no Tesouro Direto. Investir no Tesouro Direto é considerado como um dos investimentos de menor risco no Brasil, já que você está aplicando seu dinheiro no governo federal. E o legal do Tesouro Direto é que você pode investir com bem pouco dinheiro: em alguns títulos, é possível aplicar com só R$30 (trinta reais). Vale a pena você conhecer mais sobre o Tesouro Direto se está pensando em começar a investir uma quantia menor para ganhar familiaridade com os investimentos. Preparamos uma página especial sobre o Tesouro Direto neste link.

“Eu já sabia do Tesouro Direto. Não me surpreendi”. Calma, vamos chegar lá! Você talvez conheça os CDBs, certo? É a sigla para “Certificado de Depósito Bancário”, um investimento muito popular emitido por bancos. Talvez você pense que precisa de bastante dinheiro para investir em CDBs, o que pode ser verdade em alguns casos. Há CDBs por aí com investimento mínimo de R$50.000, R$100.000 e até R$ 1 milhão! Mas também tem CDB com investimento beeem mais baixo. Pelos super buscadores de investimento do Yubb, nós encontramos investimentos em CDBs a partir de R$1. Sim, um real! Vai dizer que você sabia disso!!

E mais uma opção pra você aplicar R$100: robôs de investimento. Os robôs são gestores de investimentos super modernos que começaram a ganhar espaço a partir de 2015 e hoje já são conhecidos por muitas pessoas. De forma resumida, o robô é um algoritmo (código de computador) que distribui o seu dinheiro para você otimizar os seus rendimentos de acordo com vários parâmetros. É como se fosse um ser humano que administra o seu dinheiro. No lugar do ser humano, um robô faz isso. Agora, a parte mais legal: é possível investir em alguns robôs com só R$100. Agora a gente te surpreendeu, diz aí!

Quer saber em quais lugares você pode investir tão pouco? É só acessar o buscador de investimentos do Yubb neste link e fazer uma busca por investimentos para descobrir! =)

 

Vale a pena economizar dinheiro para investir tão pouco?

Com certeza! Investir não é aplicar muito dinheiro pra ganhar um rendimento alto. Isso é conto de fadas que passa em filmes. Investir não é um ato de uma vez só, mas um processo contínuo. É um comportamento constante. Um investidor de verdade não pensa que “investir pouco não vale a pena”. Diferentemente, pensa que “investir qualquer quantia é mais vantajoso do que gastar ou se endividar”. E pensa nisso todos os dias ao longo do mês e não só quando recebe o seu salário ou a sua remuneração mensal.

Por isso, vale sim investir “só” R$100. E vale muito! Porque esses R$100 podem parecer uma quantia pequena, mas talvez sejam o começo de um processo importante de transformação da sua mentalidade para criar o hábito do investimento. Pode ser o começo da sua independência financeira ao economizar dinheiro e investir. O começo do dia em que você não vai mais ter medo, insegurança e preocupação com as várias siglas dos investimentos. Especialmente se você começar a investir cada vez mais com o passar do tempo. Começando com R$100, depois, R$200, depois R$ 500, R$ 1.000, R$ 5.000… Esse é o espírito!

Portanto, mãos à obra: pegue as dicas aí de cima sobre onde economizar R$100, siga pelo menos uma dica e procure as opções para começar a aplicar o seu dinheiro. Você vai ver como esse comportamento vai crescer dentro de você!

 

Gostou das dicas para economizar dinheiro? Como você costuma fazer essa economia no seu dia-a-dia? Compartilha com a gente aqui embaixo e bons investimentos!

 

Pagar dívidas ou investir?

Talvez você já tenha tido essa dúvida: sobrou um dinheiro no final do mês e você não sabe se deve pagar dívidas (especialmente aquela dívida antiiiiiiga que vem se arrastando há algum tempo) ou é melhor aplicar o dinheiro para render? Tem gente que acha essa pergunta um pouco óbvia; afinal, é muito mais gostoso ver o seu dinheiro render e crescer em um investimento do que gastar dinheiro e pagar dívidas, né? Mas cuidado que as coisas não são bem assim!

Veja o infográfico que fizemos sobre esse assunto polêmico – e é importante dizer: estamos escrevendo esse post porque recebemos uma dúvida de um usuário hoje sobre exatamente esse assunto e percebemos que é importante contar sobre isso.

 

 

Poucas pessoas sabem se devem pagar dívidas ou investir quando há alguma sobra de dinheiro.

Controlar o salário

O primeiro passo com relação ao dinheiro, seja para investir ou seja para pagar dívidas, é controlar o seu salário e outros rendimentos. Já falamos um pouco sobre a importância do planejamento financeiro para investir neste post aqui, mas vale a pena reforçar: muita gente por aí não faz ideia de quanto ganha por mês. Pode até saber o salário bruto (sem descontar imposto de renda), mas não sabe exatamente o valor do salário líquido, quanto ganha com investimentos, com outras fontes (ex: aluguel de imóvel).

É importante saber exatamente quanto você ganha. Todas as outras decisões financeiras da sua vida estão relacionadas ao valor que entra todo mês no seu bolso. Afinal, sem saber essa informação tão básica sobre os seus rendimentos, como é que você pretende tomar outras decisões relevantes de investimento por aí? 😛

 

Planejar gastos

Se já difícil saber quanto ganha, imagina então saber quanto gasta?! Quase ninguém sabe responder a essa pergunta. R$ 500? R$ 1.000? R$ 3.000? R$ 8.000? Já vimos pessoas que gastam mais de R$ 15.000 por mês e nem sabem disso! Sem esse controle de gastos, fica complicado evitar se endividar ou mesmo investir. É quase como querer pilotar um carro de corrida sem antes ter dirigido um carro normal. Um passo de cada vez e cumprindo todas as etapas: controlar salário, planejar gastos e partir para investimento.

Não saber quanto gasta é a receita perfeita para ter dívidas. E ter dívidas é o caminho para perder dinheiro. Então, quanto mais cedo “atacarmos” esse problema e reduzirmos o risco de se endividar, melhor, certo? Vamos lá: é muito importante então controlar os seus gastos. Pode ser um pouco chato, cansativo, enfadonho, mas faz parte da vida. E, quanto mais rápido você tiver esse controle, melhor para adquirir o hábito e sempre ter esse controle.

 

Evitar se endividar

Direto ao ponto: você nunca deve se endividar. De novo: VOCÊ NUNCA DEVE SE ENDIVIDAR! Quer comprar alguma coisa mas já acabou o dinheiro do mês? Deixa pro mês que vem. Quer dar um presente para seu filho, mas este mês está mais apertada? Não dê o presente e leve seu filho para um passeio divertido no parque. Em planejamento financeiro, nada é pior do que se endividar. E sabe por quê? Porque o Brasil tem os maiores juros do mundo!!!

Pode acreditar: você não vai querer se endividar no Brasil. Se você prestar atenção nas notícias sobre economia popular, vai começar a perceber várias notícias sobre os altos juros brasileiros. Vira e mexe o próprio governo brasileiro busca reduzir os juros, seja pela redução da taxa SELIC, seja por alterações de regulação sobre cartões de crédito e empréstimo pessoal. A verdade é que juros altos prejudicam a economia como um todo e nós, como consumidores, precisamos fugir desses juros o máximo possível!

 

Cheque especial ou cartão de crédito?

“Já estou endividado. O que faço?” Bom, você precisa evitar ao máximo se endividar, certo? Mas, em alguns casos, pode acontecer – ou mesmo acontecer de ter se endividado antes de ler esse nosso post, né? Nesse caso, a dúvida comum é sobre escolher entre crédito do cheque especial (conta corrente) ou do cartão de crédito (conhecimento como “rotativo”). A resposta: NENHUM DOS DOIS! Esses são os juros mais altos do Brasil e aqueles que precisam ser evitados ao máximo! A partir de hoje, você vai torcer o nariz para qualquer oferta de crédito do cheque especial ou do cartão de crédito, combinado?

Se você estiver precisando muito de dinheiro e não tiver ninguém para ajudar, existem algumas alternativas interessantes e que têm crescido muito no mundo financeiro para obter crédito para pessoa física sem pagar as taxas gigantescas dos bancos e instituições financeiras tradicionais. Normalmente, são empresas modernas que reduzem os custos do crédito por meio da utilização de tecnologia aplicada a produtos e serviços financeiros (as chamadas “fintechs”). Uma dessa soluções é o DimDim, uma empresa apoiada pela Caixa Econômica Federal que cobra juros infinitamente menores para compras “a fiado” dentro da sua comunidade (em alguns casos, você só paga juros se atrasar o pagamento!).

 

Pagar dívidas

Assim que você contrair uma dívida (ou assim que ler este post caso já tenha contraído uma dívida no passado), o pensamento imediato precisa ser: pagar dívidas o quanto antes. TODAS ELAS. Sem gastar com nada de consumo desnecessário até pagar todas as dívidas completamente. Radical? Sim! Precisa ser radical quando o assunto é pagar dívidas. Porque cada dia que passa e que você tenha um dívida em aberto, são mais juros calculados e mais dinheiro pra pagar no final. E você não quer isso, certo?

Também não é para se martirizar e se criticar por ter contraído uma dívida. Todo mundo um dia precisa de dívida. Tem até uma frase legal do Jorge Paulo Lemann (o homem mais rico do Brasil) dizendo “posso ser o homem mais rico, mas ninguém sabe que sou também o mais endividado”. É uma brincadeira do Jorge Paulo sobre as empresas do grupo que ele controla, pois é bastante comum empresas possuírem dívidas para expandirem suas operações.

Mas não estamos falando do Jorge Paulo Lemann e nem de empresas, certo? Estamos falando de você, pessoa física, que deve evitar ao máximo as dívidas — e, caso tenha, deve pagar dívidas o quanto antes.

 

Investir sem dívidas

Pronto! Agora sim você pode investir: depois de controlar seu salário e outros rendimentos, planejar seus gastos, evitar empréstimos e pagar dívidas caso já tenha alguma ainda pendente. E por que tudo isso? Simples: lembra que falamos aí em cima sobre os juros no Brasil serem os mais caros do mundo, né? Em alguns casos, principalmente nos juros do cartão de crédito, você pode ter que pagar mais do que 10% por mês!

Então, vamos fazer uma conta: se você tiver uma dívida de cartão de crédito, provavelmente está pagando perto de 10% de juros ao mês – o que dá mais de 213% por ano! Se você investir, vai rentabilizar sua aplicação em cerca de 1% ao mês. Viu só a diferença gigantesca?! Essa diferença entre a rentabilidade do seu dinheiro (quanto um banco por exemplo paga pelo seu investimento) e o alto valores dos juros do crédito (quanto você paga pelo empréstimo) é uma das principais fontes de lucro de instituições financeiras.

Dessa forma, a prioridade sempre deve ser pagar dívidas. E pagar integralmente, sem sobrar nenhuma. Somente depois de pagar dívidas é que você deve procurar investimentos pelo Yubb para investir e aplicar melhor seu dinheiro. Mas, antes disso, qualquer sobra de dinheiro, por menor que seja, precisa ir para pagar suas dívidas. E sempre priorizando as dívidas com os juros mais baixos (que devem ser quitadas primeiro) e, depois, as dívidas com juros mais baixos. Sem se enganar, hein: dívida é dívida, não existe “dívida ruim” e “dívida boa”.

 

Você já precisou de endividar e ficou em dúvida sobre pagar dívidas ou investir seu dinheiro? Comenta aqui embaixo e compartilha sua história

Qual o melhor investimento?

Uma das perguntas mais frequentes que as pessoas fazem quando começam a investir ou quando estão em busca de um investimento é qual o melhor investimento?. Não importa a experiência ou conhecimento de alguém no assunto, existe uma “força obscura” (rs) que puxa o nosso pensamento a sempre buscar e perguntar pelo melhor investimento. Mas será que isso existe mesmo? Será que a resposta para a pergunta qual o melhor investimento é possível de ser dada ou é apenas uma ilusão que costumamos ter na hora de investir?

Antes de pensar se existe ou não uma resposta para a pergunta, vamos pensar um pouco nos diferentes critérios que existem para alguém considerar no momento em que pergunta qual é o melhor investimento. São vários os critérios, mas levantamos alguns dos principais para pensarmos juntos nesse infográfico:

Existe resposta para a pergunta "qual o melhor investimento" ou isso depende de outros fatores?

Maior rentabilidade

Na hora de investir, muitas pessoas buscam o investimento com a maior rentabilidade. São aqueles que gostam de “taxa, taxa, taxa”, ou seja, as altas taxas de rentabilidade de alguns investimentos. Então, quando essas pessoas perguntam qual o melhor investimento, estão interessadas em respostas de altas taxas de rentabilidade. Mas será que é só isso que importa?

Claro que não! De que importa apenas a maior rentabilidade se você quiser investir R$ 20.000,00, mas o valor mínimo desse investimento for de R$ 100.000,00? Ou mesmo que seja um investimento de menor valor mínimo, mas que tenha data de vencimento em 5 anos e você precisará do dinheiro daqui a 3 anos?

Resumo deste tópico: nem sempre a rentabilidade alta é sinônimo de um bom investimento!

 

Menor valor mínimo

Deu pra entender que alta rentabilidade nem sempre é o melhor investimento, né? Como falamos antes, o valor mínimo é muito importante. De nada adianta olhar só para a rentabilidade se o valor mínimo estiver fora da sua realidade ou das suas possibilidades daquele momento. Por exemplo: você sabia que os buscadores do Yubb encontram todos os dias algumas opções com valor mínimo de 1 MILHÃO de reais? Pois é! Pode até ter uma rentabilidade boa, mas só vamos investir depois de ganhar na Mega-Sena! ?

E o valor mínimo nem sempre é o mais importante também. Em alguns casos, com uma pequena diferença de R$ 1.000,00, é possível encontrar investimentos com rentabilidades superiores. Ou mesmo no caso do próprio Tesouro Direto: os investimentos mínimos no Tesouro começam a partir de R$ 30,00 (só trinta reais), mas nem sempre possuem as melhores rentabilidades.

Resumo deste tópico: valor mínimo é importante, mas vale a pena olhar para outros aspectos do investimento também.

 

Liquidez diária

Poder resgatar quando quiser e ter uma rentabilidade menor ou resgatar somente no vencimento e ter uma rentabilidade maior? Esse é o dilema de quem busca os investimentos de liquidez diária: poder resgatar sempre que quiser (liquidez diária) traz uma segurança importante, mas investimentos com liquidez no vencimento costumam ter uma rentabilidade maior.

Xi, olha aí de novo a dificuldade em responder qual o melhor investimento. Se for importante para você poder resgatar sempre que quiser, a liquidez diária vai influenciar sua decisão. Agora, se puder esperar até o vencimento, você terá outra percepção sobre investimento.

Resumo deste tópico: resgatar sempre que quiser ou somente no vencimento depende dos seus interesses e necessidades com o investimento.

 

Menor prazo de vencimento

Tem investimento que dura 90 dias (3 meses). Outros, 180 dias (6 meses). Já alguns, vencem em 1440 dias (“rapaz, eu sei lá onde estarei daqui a tantos dias!” Calma, não é tanta coisa assim: 1440 dias equivalem a 4 anos). E tem investimento que nem tem prazo de vencimento, como alguns fundos de investimento ou investimentos em ações.

Depende muito do que você busca e de quanto tempo você pode deixar o dinheiro aplicado (um pouco parecido com o tópico de liquidez diária aí de cima). Se estiver com pouco tempo disponível, o importante será o prazo de vencimento menor. Diferentemente, se não tiver urgência ou necessidade para usar os recursos, o prazo poderá ser mais alongado.

Resumo deste tópico: o prazo maior ou menor tem a ver com a possibilidade de deixar o dinheiro aplicado – e isso também impacta a rentabilidade do investimento!

 

Indexado à SELIC

Já ouviu falar da famosa “taxa SELIC”, né? Aquela sempre mencionada pelo William Bonner no Jornal Nacional – se você não conhecer a SELIC ou quiser mais informações, veja a página que preparamos só sobre a taxa SELIC clicando aqui.

Pois bem: tem gente que fica de olho no aumento ou redução da SELIC para aplicar seu dinheiro. Quando a SELIC está em um movimento de aumento, os investimentos indexados (vinculados) à SELIC ou que tendem a acompanhar a SELIC (como o CDI) são buscados por muitas pessoas. E, quando a SELIC começa a cair, decidem resgatar e partir para outro investimento. E aí, qual o melhor investimento para essas pessoas? Os indexados à SELIC! Mas existem tantos outros que nem sempre os melhores serão estes.

Resumo deste tópico: a taxa SELIC é a principal taxa de juros do Brasil e um importante indicador de investimentos, mas não é o único.

 

Indexado ao IPCA

Logo depois da SELIC, um dos indexadores mais buscados é o IPCA – o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, publicado pelo IBGE. É o principal medidor da inflação do Brasil e o índice oficial de inflação do governo brasileiro. Se você é do tipo que investe pra ganhar da inflação, possivelmente vai ficar de olho nos investimentos indexados (vinculados) ao IPCA. Afinal, se o IPCA subir ou descer, você sempre vai ganhar mais do que a inflação.

Mas e se um investimento indexado à SELIC ou ao CDI for mais rentável do que este indexado ao IPCA? Ou e se o investimento indexado ao IPCA só tiver liquidez no vencimento e você preferir um investimento com liquidez diária para resgatar quando quiser? É a mesma dificuldade para responder à pergunta sobre qual o melhor investimento.

Resumo deste tópico: os investimentos indexados ao IPCA são interessantes para sempre obter uma rentabilidade acima da inflação, mas nem sempre são os mais rentáveis.

 

Isento de tributação

Último fator de decisão que escolhemos para falar dos melhores investimentos: o tão evitado imposto de renda. Todo mundo já paga tanto imposto que, na hora de investir, nada mais natural do que buscar investimentos sem imposto de renda. Afinal, se o investimento não tem tributação de imposto de renda, a rentabilidade será sempre melhor, certo? ERRADO!

Os investimentos mais famosos sem a tributação de imposto de renda são a LCI (Letra de Crédito Imobiliário) e a LCA (Letra de Crédito do Agronegócio). O que muita gente não sabe é que, mesmo sem imposto de renda, muitas vezes outros investimentos são mais rentáveis porque possuem uma rentabilidade maior. E outra: LCIs e LCAs normalmente não possuem liquidez diária e têm prazo mínimo de 90 dias.

Resumo deste tópico: isenção de imposto de renda é um atrativo para investimentos, mas longe de ser a característica mais importante na hora de investir.

 

Afinal, qual o melhor investimento?

Depois de tudo isso, chegou a hora de dar a resposta para a pergunta de qual o melhor investimento, né? Bom, já deve ter dado pra perceber a resposta: depende de cada um e dos interesses de investimento de cada pessoa! Não dá pra generalizar e responder que existe um investimento eleito como o “melhor”. Para cada tópico que listamos acima, existe um investimento mais adequado.

Isso não pode ser uma frustração, já que é como funcionam os investimentos. O importante é você analisar os tópicos acima, entender o que você busca e quais os seus interesses e segmentar para encontrar os investimentos mais adequados.

 

Você tem algum outro critério relevante na hora de investir? Compartilha aqui em baixo e bons investimentos para você!

De uma sala em Porto Alegre para se tornar a maior corretora do Brasil

O final da terça-feira, 09 de maio de 2017, foi agitado no mundo dos investimentos: surgiu a notícia de que o banco Itaú Unibanco, maior instituição financeira do país, estava querendo comprar uma grande parte da XP Investimentos, maior corretora do Brasil. Os números dessa transação são gigantescos – na manhã do dia 10 de maio, falava-se que o Itaú Unibanco compraria 49,5% da XP Investimentos por R$ 6 bilhões. Uma bela quantia para uma empresa que surgiu em 2001.

Como foi essa trajetória em que dois amigos, Guilherme Benchimol e Marcelo Maisonnave, um carioca e o outro gaúcho, construíram a maior corretora independente do país a ponto de ameaçar os maiores bancos brasileiros? Pode ter certeza de que nem tudo foi fácil pelo caminho: houve momentos de insegurança, medo e vontade de desistir.

Preparamos um infográfico sobre a história da XP Investimentos desde o nascimento do Guilherme até o dia de hoje em que XP e Itaú começaram as negociações.

A história da XP Investimentos

O começo da vida profissional de Guilherme Benchimol

Guilherme nasceu no Rio de Janeiro no final da década de 1970 e se formou em economia na UFRJ. Ainda no Rio de Janeiro, foi contratado em para trabalhar na InvestShop, uma espécie de “supermercado de investimentos” do começo da internet brasileira. O trabalho do Guilherme era, justamente, atrair clientes para a plataforma da InvestShop. Muita gente diz que a ideia do Guilherme para criar a XP veio dessa sua experiência inicial de trabalho.

Embora trabalhando na InvestShop por pouco mais de um ano e ganhando conhecimento sobre o mundo dos investimentos, Guilherme foi surpreendido ao ser demitido em 2001. Ele estava com apenas 24 anos e a InvestShop sofreu as consequências da bolha da internet do ano 2000 – no ano seguinte, em 2001, a InvestShop seria comprada pelo Unibanco e reduziria sua atuação no mercado brasileiro de investimentos

Assim, ainda bastante jovem, Guilherme ficou sem emprego e sem dinheiro para se sustentar. Ele mesmo diz que foi uma “derrota pessoal” ter sido demitido tão jovem. Para começar uma nova vida longe do Rio de Janeiro e do fantasma da demissão, ele decidiu se mudar para Porto Alegre e trabalhar na Diferencial, uma corretora que havia conhecido durante seu trabalho comercial na InvestShop.

A mudança para Porto Alegre e a fundação da XP

Sabe aquela história de um evento na vida de uma pessoa que é determinante ou muito relevante para todo o seu futuro? Pois é: talvez essa mudança para Porto Alegre tenha sido o grande “ponto de virada” na vida do Guilherme. Isso porque, trabalhando na corretora Diferencial, ele conheceu o Marcelo Maisonnave, praticamente o único outro funcionário da empresa.

O Marcelo nasceu em Porto Alegre em uma família de imigrantes portugueses. Seu avô e seu tio avô criaram uma importante corretora de investimentos do Rio Grande do Sul — o próprio avô foi presidente da extinta bolsa de valores de Porto Alegre por diversos anos. Assim, de alguma forma, Marcelo sempre teve contato com o mundo de investimentos. Após se formar em economia, recebeu o convite para trabalhar na Diferencial, mesma corretora em que o Guilherme acabara de entrar.

Rapidamente, Guilherme e Marcelo perceberam que tinham em comum a vontade de atrair investidores e criar algo relevante no mundo dos negócios. Começaram então a pensar em algo para pessoas físicas investirem pela internet. E, como não se identificavam com o perfil da corretora Diferencial, decidiram que o melhor seria pedir demissão para criar a própria empresa.

Para fundar a XP Investimentos, Guilherme e Marcelo pegaram R$ 10.000,00 guardados, alugaram uma sala pequena em Porto Alegre e compraram computadores usados (algum tempo depois, o Guilherme teria que vender o próprio carro para colocar mais dinheiro na empresa). Mas o começo não foi fácil: a XP começou focada em ações e eles iam de porta em porta oferecendo ações para as pessoas investirem — e ninguém queria investir! Além disso, o momento da economia era muito ruim: em 2002 o dólar dobrou, a bolsa caiu muito e as pessoas estavam menos interessadas em investir na bolsa. Para piorar, um estagiário decidiu sair da XP e ir trabalhar em um banco para ganhar um salário melhor.

Com as economias acabando e sem conseguir ganhar dinheiro, Guilherme e Marcelo pensaram em fechar a XP Investimentos e desistir do negócio. Anos mais tarde, Guilherme confessaria que chegou a procurar um empréstimo para voltar para o Rio de Janeiro e buscar emprego.  Antes disso, surgiu uma oportunidade que mudaria a vida da XP: alguns amigos de faculdade do Marcelo pediram para que ele e Guilherme dessem uma aula sobre como investir em ações. 20 pessoas foram à aula sobre investimentos.

No dia seguinte, das 20 pessoas, 18 quiseram abrir conta na XP para começar a investir. Guilherme e Marcelo perceberam que ensinar as pessoas a investir poderia ser um caminho para crescer. Foi o primeiro sinal de que a XP Investimentos poderia dar certo.

Acelerando o crescimento

Aquela primeira aula sobre investimentos revelou o modelo de negócios do começo da XP: dar aula sobre investimentos e, depois, vender ações para as pessoas investirem. Eles apostaram nesse modelo e começaram a fazer cursos em finais de semana, contrataram mais funcionários e abriram filiais em vários lugares do Brasil.

Em 2007, a XP Investimentos comprou a America Invest e se tornou uma corretora – até então, a XP era um escritório de agentes autônomos representando uma corretora de São Paulo. Esse foi o começo do crescimento acelerado da XP: em 2008, a empresa já tinha 300 escritórios afiliados em todo o Brasil e passou a oferecer diversos outros produtos de investimentos também. Em 2010, a XP já estava chamando atenção de grandes empresas nacionais e internacionais e os sócios venderam 20% da XP por R$ 100 milhões para o fundo de investimentos Actis.

XP Investimentos atualmente

Os últimos anos foram de grande crescimento para a XP e a empresa se tornou a maior corretora independente do Brasil. Em 2014, comprou a corretora Clear e, em dezembro de 2016, comprou a Rico, a segunda maior corretora do Brasil. Com isso, a XP Investimentos consolidou sua atuação no mercado de investimentos do Brasil e pisou no acelerador para ganhar cada vez mais mercado.

O plano da XP é se tornar um banco e passar a competir com as principais instituições financeiras do Brasil. Antes disso, a corretora vai fazer sua abertura de capital na bolsa (em inglês, “IPO”). Com isso, irá se capitalizar ainda mais para expandir suas operações e continuar crescendo.

Nesse meio tempo, Marcelo deixou a XP e passou a se dedicar a outras iniciativas na área de tecnologia aplicada a finanças (as chamadas “fintechs”). Ele se mudou para o Vale do Silício, nos Estados Unidos, e se tornou sócio de diversas outras empresas.

O momento agora é ficar de olho para ver como a XP Investimentos continuará a movimentar o mercado de investimentos do Brasil! E você pode ver todos os investimentos distribuídos pela XP pelo Yubb! É só clicar neste link.

Gostou da história da XP? Deixa algum comentário aqui embaixo e compartilha com seus amigos!

Fontes: Exame, Folha de São Paulo e Endeavor

9 motivos para investir

A gente sempre fala aqui sobre a importância de buscar investimentos, acompanhar novos tipos de investimento, tirar o dinheiro da poupança, ganhar mais do que a inflação e aplicar melhor o seu dinheiro, né? Agora, é bem provável que já tenha se passado pela sua cabeça alguma vez a seguinte pergunta: por que raios as pessoas investem?! Quais os motivos para investir? Qual a utilidade disso tudo?! Vai dizer que você nunca pensou em algo assim? 😉

Vários usuários do Yubb trazem essas dúvidas para a gente. Vira e mexe alguém pergunta “é importante mesmo investir?”, “Qual deve ser meu objetivo na hora de investir?” ou “O que eu faço com o dinheiro que eu receber do investimento?”. Por isso, fizemos um levantamento para entender os principais motivos para investir que levam as pessoas a realizar um investimento.

Olha só o que a gente descobriu!

Quais são os motivos para investir ou começar a investir das pessoas? Chega de desculpas para deixar o dinheiro na poupança. Fizemos um levantamento para você descobrir os principais motivos para investir e escolher o seu!

 

Os principais motivos para investir que descobrimos

Claro que aqui não estão todos os motivos existentes para alguém investir. Mas, nesse levantamento, descobrimos alguns padrões muito interessantes sobre os principais motivos que levam as pessoas a realizar investimentos. O objetivo de tudo isso? Gerar uma reflexão para que você pense no motivo do seu investimento (ou no motivo para começar a investir).

Viver mais e melhor: a qualidade de vida que todo mundo quer!

O principal motivo de muitas pessoas na hora de investir é melhorar a qualidade de vida. O raciocínio faz sentido: se eu tenho dinheiro disponível, por que não fazer um investimento que me renderá frutos no futuro? Com isso, poderei ter uma melhor qualidade de vida (embora “qualidade de vida” seja um termo amplo que pode significar diversos aspectos).

Uma curiosidade aqui: os outros motivos para investir também estão conectados à qualidade de vida. Vamos chegar lá, mas este é um ponto relevante para você perceber: praticamente todos os motivos para investir estão relacionados à qualidade de vida.

Tá caro estudar!

Não é nenhuma novidade que pagar por educação está cada vez mais caro!!! Muita gente quer colocar os filhos em escola particular por causa da qualidade de ensino, mas o bolso fica apertado muitas vezes. Depois da escola, ainda vem a faculdade. Infelizmente, grande parte das vagas em universidades públicas é preenchida por pessoas com dinheiro e que podem pagar um curso preparatório pro vestibular. Resultado: mais dinheiro na hora de estudar em uma universidade.

Por isso, muitas pessoas investem pensando na educação: seja uma escola particular para o filho, seja uma universidade para si mesmo, um curso de inglês ou em outra língua para se aperfeiçoar no trabalho, um curso de desenvolvimento em negócios e muitos outros na área da educação.

Tem coisa melhor do que viajar?

Ah, que saudades de Paris, Nova York, Londres, Barcelona… quem aí não curte viajar, sair um pouco da sua cidade, conhecer novos lugares e ter novas experiências? Pois é! Difícil encontrar alguém que não goste de viajar. Fácil mesmo é encontrar quem não tem dinheiro para viajar! Nessa vida corrida de todo mundo, sobra pouco dinheiro para fazer planos de viagem pelo mundo ou pelo Brasil.

E como é que muita gente consegue dinheiro para viajar? Investindo! Vale a pena fazer um planejamento, guardar dinheiro, fazer alguns investimentos e conseguir mais dinheiro para poder viajar. A recompensa vai valer muito a pena!

Por falar nisso, o blog Quanto Custa Viajar tem mais dicas sobre juntar dinheiro e viajar.

Um cantinho pra chamar de seu

Se não tá fácil conseguir dinheiro para viajar, imagina para comparar a casa própria! Tudo bem que a gente tá vivendo a onda da economia compartilhada e tem muita gente por aí preferindo compartilhar a casa e alugar ao invés de comprar o próprio imóvel. Mesmo assim, na hora de investir, muitas pessoas estão de olho mesmo é láááá na frente, na hora de comprar a casa própria e ter um espaço pra chamar de seu.

O importante nesse caso é pensar bem no investimento, porque precisa ser algo de mais longo prazo. A gente vê no Yubb muitas pessoas interessadas em investimentos do Tesouro Direto nessa hora de pensar em investimentos de longo prazo.

Lojas, lojas e mais lojas

Aqui é a turma do “shopping”, do último modelo do iPhone, do computador de última geração, da bolsa de marca, do carro novo. Na hora de entender os motivos dos investimentos, descobrimos que muitas pessoas não lá tãããão interessadas no futuro, em comprar a casa própria, viajar, guardar para aposentadoria e outros motivos. Muita gente quer é ter mais dinheiro no final do mês para consumir bens e serviços.

Faz sentido! A vida é mesmo para se viver, né? É claro que a gente vai sempre defender que você guarde dinheiro e faça investimentos. Mas também é importante aproveitar a vida e ser feliz!

Ser pai e mãe

Aqui é uma lógica parecida com a da casa própria. Afinal, os custos necessários para comprar um imóvel e ter um filho são parecidos em muitas cidades do Brasil! ? Mas sem susto, dá para se planejar e fazer tudo acontecer de forma tranquila. Falamos dos investimentos mais de longo prazo no item da casa própria e o mesmo vale aqui: já vimos várias pessoas dizendo que estão interessadas em investir para ter um filho no futuro ou mesmo garantir a educação e o sustento dos seus filhos. Nesse caso, vale a pena dar uma olhada nos investimentos do Tesouro Direto como falamos aí em cima.

Deixa a previdência social pra lá! 

Com toda essa movimentação e debate sobre a previdência social, você não vai deixar seu dinheiro lá para se aposentar, né? Principalmente agora que o governo liberou os saques do FGTS! Resgatar o dinheiro do FGTS e aplicar em algum investimento é uma ótima ideia. E é exatamente isso que muita gente tem feito por aí: investindo em títulos de longo prazo para resgatar daqui a alguns anos e poder se aposentar com tranquilidade. Por exemplo, o Tesouro Direto tem título que vence só em 2050!

Já percebeu que o Tesouro Direto está em vários momentos aparecendo como uma alternativa muito boa para você investir, né?

Ganhar mais dinheiro

Percebemos um aspecto importante: no nosso levantamento, vimos que algumas pessoas não possuem objetivos muito claros e determinados sobre o investimento. Não sabem ao certo os motivos para investir, mesmo que já estejam fazendo investimentos. Mesmo assim, sabem que deixar dinheiro na poupança é igual a perder recursos e sabem da importância de investir. O único detalhe é a falta de clareza desse propósito. Assim, para essas pessoas, o investimento é, principalmente, uma forma de rentabilizar o patrimônio e ganhar mais dinheiro.

Mas não tem problema nenhum. Muito pelo contrário: o importante é sempre investir! Aos poucos, você vai descobrir o seu propósito e o que te motiva a continuar investindo.

S.O.S emergência! 

Perder emprego, gastar mais do que devia, ajudar financeiramente um familiar ou um amigo, fazer uma reforma de emergência em casa, consertar a batida do carro… são quase infinitos os motivos que podem fazer com que a gente tenha uma surpresa financeira não muito agradável durante o mês. E, nesses casos, é importante ter uma reserva de emergência para utilizar nessas situações.

É o que várias pessoas fazem: investem uma quantidade sempre que podem para ter essa reserva de emergência. Se tudo correr bem e não precisar mexer nessa reserva, usam os seus recursos e os investimentos que ganharam para outro objetivo, como se aposentar, viajar ou comprar a casa própria.

E você, por que você investe ou quer começar a investir? Quais os motivos para investir que você tem ou considera importante? Conta pra gente aqui em baixo!

Yubb no Dinheirama!

A semana começou muito legal por aqui! Ontem (segunda-feira), fomos convidados pelo pessoal do Dinheirama para participar do programa Tudo Sobre Seu Dinheiro. Pra quem não conhece, o Dinheirama é um dos portais mais renomados e antigos do Brasil sobre investimentos, finanças pessoais e hábitos relacionados a dinheiro. O Conrado Navarro, fundador do Dinheirama, é “fera” em investimentos e possui conteúdos lidos e visualizados por milhares de pessoas todas as semanas.

Por isso, ficamos muito felizes com o convite para participar do Tudo Sobre Seu Dinheiro. Tivemos um papo muito legal com o Navarro sobre investimentos, momento da economia brasileira, investimentos recomendados, importância da diversificação, entre muitos outros assuntos. E claro, contamos sobre como o buscador de investimentos do Yubb permite que você encontre os melhores investimentos.

Nós estamos sempre buscando pessoas ou empresas que produzam conteúdos de qualidade para nossos usuários. E, muitas vezes, nos deparamos com uma falta de qualidade em muitos conteúdos sobre o assunto. Vale dizer que o Navarro e o Dinheirama possuem mais de 10 anos de atuação na área de educação financeira e são importantes referências no Brasil.

A gravação completa do episódio de ontem do Tuso Sobre Seu Dinheiro está abaixo:

Gostou do papo com o Navarro? Deixa seu comentário ou sugestão aqui embaixo!

 

 

Parceria Rico e Yubb

Nessa semana, a gente fez uma parceria muito legal com a corretora Rico para os investimentos exibidos pelo Yubb para o Tesouro Direto. A partir de agora, para facilitar o seu investimento no Tesouro Direto, o Yubb vai te encaminhar para abrir uma conta na Rico.

Mas pera aí! E aquela história de o Yubb ser imparcial e mostrar os melhores investimentos para o meu dinheiro? Calma, isso não muda nada! Pelo contrário, essa parceria com a Rico vai te ajudar – e muito! – na hora de investir no Tesouro Direto.

Olha só aqui e depois a gente volta pra te explicar mais! =)

 Parceria entre corretora Rico e Yubb

 

Como era investir no Tesouro Direto pelo Yubb

O Yubb sempre mostrou os investimentos disponíveis por meio do Tesouro Direto, bem como as informações sobre expectativa de resgate, taxas, rentabilidade e outras informações relevantes.

Mas e se você quisesse investir no Tesouro Direto após ver o investimento pelo Yubb? Aqui começava a ficar um pouco difícil: como existem inúmeras corretoras que oferecem investimentos no Tesouro Direto (e os investimentos do Tesouro são iguais para todas elas!), a gente te redirecionava para essa página aqui embaixo:

Tesouro Direto e instituições habilitadas

Ou seja: o usuário do Yubb era encaminhando para uma página com informações sobre TODAS as instituições hoje no Brasil que são habilitadas a operar com o Tesouro Direto e a vender seus títulos para investidores pessoas físicas no Brasil (só pessoa física pode investir por meio do programa do Tesouro Direto!).

Isso era prático? Claro que não! Muitos usuários enviavam mensagens pra gente com dúvidas sobre qual instituição escolher para investir no Tesouro Direto dessa lista gigantesca que a gente mostrava. Com razão… se a gente quer realmente economizar tempo e ajudar as pessoas a investirem melhor, não dá pra te encaminhar para uma lista de corretoras e instituições.

Como a gente sempre adora conversar com usuários e entender o que mudar no Yubb pra melhorar a busca por investimentos, percebemos que este era um ponto de atenção que precisava ser alterado: precisávamos melhorar a experiência de alguém querendo investir no Tesouro Direto.

Foi aí que surgiu a possibilidade de fazer uma parceria incrível com a corretora Rico!

 

Como ficou para investir no Tesouro Direto pela corretora Rico

Fazendo a parceria com a corretora Rico, não tem mais essa de você ficar perdido depois de encontrar um investimento em Tesouro Direto pelo Yubb!

Ao invés de a gente te encaminhar para uma lista longa de inúmeras instituições habilitadas a operar no Tesouro Direto, a gente te encaminha diretamente para essa página aqui da corretora Rico para você abrir sua conta – ou fazer log-in caso já seja cliente da Rico – e começar a investir!

Olha como é fácil: é só clicar neste link aqui e ir para a página da corretora Rico para começar a investir no Tesouro Direto!

Página de investimentos no Tesouro Direto da corretora Rico

 

Quem é a corretora Rico?

Algumas perguntas que ficam depois de ler tudo isso são: mas quem é a corretora Rico? Por que eu deveria investir com a Rico ao invés de outra instituição habilitada pelo Tesouro Direto? A Rico é uma instituição confiável?

A gente entende e faz muito sentido fazer essas perguntas! Afinal, ser transparente e imparcial com as pessoas que usam o buscador de investimentos do Yubb é fundamental e é um valor muito importante por aqui! Por isso, dá uma olhada nessas respostas:

Algumas informações sobre a corretora Rico

É importante dizer que o Yubb jamais faria uma parceria com alguma instituição que não fosse extremamente séria, dedicada e responsável. E não só isso: qualquer parceria analisada precisa gerar valor para as pessoas que buscam investimentos por meio do Yubb!

Por isso, se o Yubb fez uma parceria com a Rico, pode apostar que a coisa é séria! De qualquer forma, é importante você ver alguns números. Vamos lá!

A Rico é a segunda maior corretora do Brasil: tem mais de 230.000 clientes e mais de 9.5 BILHÕES de reais em ativos de clientes que investem por meio dela. Nem tenta ver quantos “zeros” existem em 9.5 BILHÕES!!! 😉

Em dezembro de 2016, a Rico passou a integrar o grupo da XP Investimentos, a maior corretora independente do Brasil. Ou seja: a Rico, que já era “fera” no seu trabalho, agora passa a fazer parte do maior grupo do Brasil no assunto!

Por que investir no Tesouro Direto pela Rico?

Na linha do item anterior, a gente só faz parceria com empresas que possam gerar valor (e muito valor!) para os usuários do Yubb. E sabe por que a Rico? Especificamente para o Tesouro Direto, a Rico já foi nada mais, nada menos do que 17 vezes líder de compras no Tesouro Direto!!! Ou seja: por 17 vezes, a Rico foi a corretora mais utilizada por pessoas no Brasil para realizarem os seus investimentos no Tesouro Direto. Tá bom ou quer mais? =)

Ou seja: a gente escolheu uma das corretoras líderes no Tesouro Direto para fazer uma parceria e permitir que você possa aplicar seu dinheiro de forma mais fácil, rápida e com muita segurança.

Posso confiar na Rico?

Com certeza! Além dos dados e informações aí de cima, a Rico é uma instituição autorizada a funcionar pelo instituição do governo que fiscaliza as corretoras, a CVM (Comissão de Valores Mobiliários). Olha aqui a comprovação de que a Rico está autorizada pela CVM:

Corretora Rico e autorização CVM

Além disso, a Rico tem o selo CETIP Certifica, uma importante garantia de que qualquer investimento que você fizer pela Rico (além das aplicações em Tesouro Direto que são registrados na BM&F Bovespa) será necessariamente registrado no seu nome. Olha só a Rico aqui na lista de instituições que possuem o selo “CETIP Certifica”:

Corretora Rico e CETIP Certifica

E a imparcialidade do Yubb?

Nada muda na imparcialidade do Yubb em razão dessa parceria com a Rico! Muito pelo contrário: a gente é totalmente imparcial, transparente e só desenvolver parcerias que gerem valor para o usuário. Então, ao invés de os usuários do Yubb encontrarem investimentos do Tesouro Direto e ficarem “perdidos” ou “inseguros” sobre qual instituição utilizar, como fazer o investimento ou onde abrir uma conta, a gente quer facilitar esse processo de investimento no Tesouro Direto!

Fazendo uma parceria com a segunda maior corretora do Brasil e 17 vezes líder de investimentos no Tesouro Direto, a gente vai ajudar os usuários do Yubb a concretizarem os investimentos no Tesouro Direto por meio do Yubb. E isso vai facilitar muito o processo de investimento por parte dos usuários e sem prejudicar a imparcialidade do Yubb, já que os investimentos do Tesouro Direto são iguais para todas as corretoras e instituições.

Gostou dessa novidade do Yubb em parceria com a corretora Rico? Manda uma mensagem aqui embaixo se você estiver  alguma dúvida sobre o Tesouro Direto ou a Rico e ótimos investimentos para você! =)

 

 

 

 

 

 

 

 

O que é um buscador de investimentos?

Buscaddor de investimentos do Yubb

Muita gente vem até o buscador de investimentos do Yubb com interesses muito legais e diferentes sobre investimentos: tem gente que quer investir para comprar um carro novo; outros querem investir pra viajar; alguns querem deixar por muito tempo; uns outros já entendem sobre a “sopa de letrinhas” das siglas de investimentos. Ou seja: tem um pouco de tudo e muito usuário incrível que usa o Yubb pra encontrar os melhores investimentos.

A partir de várias conversas que a gente adora ter com nossos usuários, o pessoal aqui do Yubb começou a perceber que, muitas vezes, algumas pessoas têm dúvidas sobre como funciona o Yubb. É uma corretora? Custa alguma coisa pra usar o buscador? Há alguma comissão envolvida? Vocês indicam investimentos? E muitas outras…

Por isso, a gente escreveu este texto pra contar um pouco mais sobre o que a gente é e o que a gente faz exatamente!

Dá só uma olhada pra entender melhor:

O que é um buscador de investimentos?

 

BUSCADOR DO QUÊ? BUSCADOR DE INVESTIMENTOS!

É isso aí! O Yubb é o primeiro buscador de investimentos do Brasil. Mas o que raios é um “buscador de investimentos”? Fácil: sabe aqueles sites que você acessa pra buscar e descobrir onde comprar uma televisão, reservar um quarto de hotel, comprar uma passagem aérea, reservar um carro e muitas outras coisas? O Yubb é um buscador parecido, mas para investimentos!

Em outras palavras, as pessoas acessam o Yubb para descobrir os melhores investimentos existentes para o valor, prazo e muitos outros parâmetros de busca. Como resultado de busca, a gente mostra centenas de investimentos pra você ganhar mais com a sua aplicação!

 

O QUE SÃO ESSES “MELHORES INVESTIMENTOS” DE QUE VOCÊS TANTO FALAM?

Pra gente, “melhor investimento” é qualquer investimento que te faça ganhar mais do que atualmente com a aplicação em que esteja o dinheiro (ou em que não esteja!). Tem muita gente que deixa o dinheiro na poupança (aproveitando, poupança NÃO é investimento!); pra essas pessoas, um “melhor investimento” é diferente de alguém que já investe em um título, mas que também deseja procurar investimentos melhores.

Não importa o que seja um melhor investimento pra você. O importante é sempre procurar melhores investimentos, pois eles mudam constantemente! Um melhor investimento hoje pode não ser mais um bom investimento daqui a uma semana. Por isso, vale a pena sempre ficar de olho!

E o nosso propósito aqui no Yubb é sempre mostrar os melhores investimentos. A gente se esforça ao máximo e toma litros e litros de café aqui pra você encontrar ótimos investimentos e fazer aplicações que vão fazer você ganhar mais.

 

TOTALMENTE GRATUITO

É isso aí! Gratuito mesmo, não aquele gratuito-mas-com-taxas-escondidas-que-ninguém-te-conta (!!!). A gente não cobra nada pra você usar o buscador de investimentos do Yubb: pra que você possa encontrar os melhores investimentos pra ganhar mais do que a inflação e sair da poupança ou de um investimento ruim, você não pode ter barreiras nesse caminho. Tem que ser da forma mais fácil e simples possível, além de ser gratuito. Concorda?

“Ah, mas vocês devem ganhar alguma comissão escondida do meu investimento!”. Nada disso! O seu dinheiro vai direto da sua conta para a o investimento de destino sem passar pelo Yubb (você vai entender ao continuar lendo este texto mais pra baixo). E não tem nenhuma cobrança ou “repasse” de comissões para o Yubb.

É o mais simples possível: viu um investimento pelo Yubb? É aquele que você vai investir, sem nenhuma taxa ou comissão cobrada do nosso lado! =)

 

O YUBB NÃO É UMA CORRETORA

O Yubb é uma corretora? Um banco? Uma financeira? Um assessor de investimentos? Um robô de investimento?

Não! Como a gente falou aí em cima, o Yubb é um buscador de investimentos que mostra os melhores investimentos para os valores, prazos e outros parâmetros de busca escolhidos por você. Mas a gente não é uma corretora. Ou seja: o Yubb não distribui (em linguagem mais simples, não “vendemos”) o investimento para você, não recebemos suas informações e, principalmente, seu dinheiro não passa pelo Yubb!

Essa é uma dúvida bem comum de usuários e muita gente acha que o Yubb é uma corretora. Pode ser por causa das propagandas que as corretoras fazem na televisão, redes sociais, jornais, revistas, etc. “Banco” é uma palavra conhecida e, agora, as pessoas estão conhecendo a palavra “corretora”.

Mas sem confundir com o Yubb, hein! É fácil de lembrar: buscador de investimentos gratuito. Pronto! Não é nem banco, nem corretora, nem financeira, nem consultor de investimentos, mas é a melhor forma de você encontrar novos investimentos pra aplicar o seu dinheiro! =)

 

NÃO FAZ TRANSAÇÕES – SEU DINHEIRO NÃO PASSA POR NÓS! 

Você tá já craque no Yubb, né? Tudo bem que a gente já falou antes aqui no texto, mas é importante pra deixar bem lembrado pra você não ter dúvidas ou preocupações na hora de usar o Yubb: o seu dinheiro NUNCA passa pelo Yubb na hora de investir.

Entrou no Yubb, fez algumas buscas, viu investimentos e se interessou por algum? Legal! A gente te encaminha pro site da instituição que está distribuindo (ou “vendendo”) aquele investimento e você faz tudo por lá, inclusive a transferência do seu dinheiro.

Nada, nem um real, nem um centavo, passa pelo Yubb na hora de você investir!

 

TIRA SUAS DÚVIDAS

Ufa! Depois de tudo isso, falta só uma coisa pra você tirar nota 10 quando alguém te perguntar o que é o Yubb: a gente tira todas as suas dúvida sobre investimento. Diferença entre CDB e RBD? Entre LCI e LCA? O que “câmbio” tem a ver na letra de câmbio? O que é porcentagem do CDI? O que é a CETIP? Dinheiro garantido pelo FGC? Pode perguntar o que quiser que a gente adora responder dúvidas de pessoas querendo investir melhor!

Só tem uma coisa que a gente não faz: indicar um investimento específico. Aquela pergunta “Yubb querido, qual o melhor investimento pra mim?” ou “Yubb, qual investimento você recomenda entre esses dois?” a gente não pode responder.

A razão é simples: a gente quer ser um buscador isento e confiável pra você encontrar os melhores investimentos pra sempre aplicar o seu dinheiro. Se a gente recomendar um investimento ou outro, você vai começar a desconfiar e achar que a gente recebe alguma comissão por aquela recomendação.

Mas a gente tem alguns parceiros incríveis que fazem consultoria e assessoria de investimentos e que sempre ajudam nossos usuários. Se você tiver alguma dúvida específica, manda uma mensagem que a gente encaminha pra algum parceiro!

 

E aí, entendeu tudo sobre o Yubb? Deixa algum comentário aqui embaixo se tiver gostado ou se ficou com alguma dúvida. E compartilha esse post pra mais pessoas encontrarem os melhores investimentos!

 

Planejamento para investir: por que é importante?

Planejamento financeiro e de investimentos para você investir melhor

Um comportamento muito importante de quem investe é se planejar para fazer investimentos. E o planejamento é financeiro e também do próprio investimento.
A importância do planejamento financeiro e plano de investimento na hora de investir

Além de procurar investimentos pelo Yubb, um outro momento muito importante na trajetória de investimento é o do planejamento. A gente vê muitas pessoas querendo investir, mas que na verdade estão endividadas, não estão com uma quantia disponível pra investir (mesmo que seja pequena, não se esqueça que dá pra investir a partir de R$ 30,00!), estão inseguras, com receios, etc.

Dá pra entender! Pra alguns, é um mundo totalmente novo cheio de letrinhas com significados diferentes. Pra outros, mesmo que já conheçam sobre o assunto, nunca sobra tempo pra procurar um investimento interessante pra ganhar mais. Outras pessoas acham que é melhor investir do que pagar um empréstimo. Com isso, o ciclo se repete e as pessoas não conseguem investir melhor. Pior: continuam perdendo dinheiro deixando o dinheiro na poupança ou em um investimento com baixa rentabilidade.

 

O novo ciclo do planejamento de investimento

Chega disso! O importante é você saber que pode (e deve!) se planejar pra controlar seus gastos e investir melhor. Têm várias formas de se preparar pra fazer um investimento: ao contrário do que muita gente pensa, não é só pegar uma parte do dinheiro e investir. Primeiro, você precisa do dinheiro, certo? Ou seja, precisa se planejar pra economizar um pouco por mês. Quem sempre paga juros no cartão de crédito ou no cheque especial precisa parar com isso pra sempre! Em seguida, muita gente gosta de traçar objetivos: investir para comprar um carro, viajar nas férias, se casar, etc.

A gente propôs o ciclo de planejamento acima para você economizar, acabar com as dívidas, guardar dinheiro, traçar  alguns objetivos (se quiser!), investir, acompanhar investimentos e mudar algumas estratégias, analisar se os objetivos estão sendo alcançados e continuar investindo, recomeçando o ciclo!

Vale a pena dizer que a gente aqui no Yubb não faz planejamento financeiro ou de investimento. Isso porque a gente acredita que você precisa de uma forma mais fácil, simples e visual pra encontrar os melhores investimentos, sair da poupança ou de um investimento ruim e ganhar mais do que a inflação. E essa é uma tarefa gigantesca e super desafiadora pra gente!!! São dezenas, centenas, milhares, dezenas de milhares de investimentos no Brasil e o nosso foco é fazer esse trabalho da melhor forma possível pra você conseguir encontrar os investimentos. Assim, a gente prefere focar em fazer isso bem: encontrar os melhores investimentos pra você ao invés de oferecer outras atividades como de planejamento financeiro.

E outra! Se a gente fizer planejamento financeiro, analisar seus gastos e montar um plano de investimentos, você não vai mais confiar na gente! Sabe por quê? Porque existe o conflito de interesse. É a mesma coisa quando você vai ao banco e o gerente tenta te vender vários produtos estranhos de que você nunca ouviu falar sem te contar que a comissão dele vai ser maior. No nosso caso, você desconfiaria dos nossos planejamentos e planos de investimento achando que existe algum conflito de interesse.

 

Quem pode te ajudar nesse planejamento, então?

Deve ter sido a pergunta que você se fez! Se a gente não pode te ajudar nesse planejamento, quem pode? Pois é, tem muita gente boa por aí fazendo esse trabalho incrível de entender o seu perfil, te ajudar a ter um controle melhor de finanças e montar um plano de investimentos pra você.

Sobre isso, a gente conhece uma empresa muito “fera” no assunto, a Gestão Essencial! Eles são muito bons na parte que a gente chamou de planejamento financeiro (ou seja, pensar melhor o seu dinheiro, analisar seus gastos e encontrar um equilíbrio para sobrar alguma quantia e permitir que você possa investir) e na parte de criação do plano de investimento (entender seus objetivos, quantias disponíveis para investimento, investimentos para o seu perfil, entre outros).

E sabe do que a gente mais gosta na Gestão Essencial? Além de muito bons, eles acreditam no que a gente também acredita: as pessoas precisam investir melhor e ganhar mais. E tudo de forma transparentejusta e no melhor interesse do investidor! Tanto isso é verdade que a Gestão Essencial faz uma sessão gratuita com você pra entender sua necessidade e te contar mais sobre eles antes de fechar alguma coisa.

 

E aí, quando você vai fazer o seu planejamento?

Agora você já sabe: tem muita gente por aí querendo te ajudar a investir melhor! Da próxima vez, depois de encontrar um investimento pelo Yubb, vale a pena olhar também pra outras pessoas que possam te ajudar a se preparar melhor para o novo ciclo de planejamento que a gente mostrou acima pra que isso seja constante. Não vale investir só uma vez e parar, hein!

E é justamente pra não desanimar e não perder o entusiasmo que o planejamento é importante: ele vai te ajudar a traçar objetivos, enxergar o passo-a-passo e, principalmente, criar uma rotina de investimentos!

Tem mais dúvidas ou comentários sobre o planejamento financeiro e de investimentos? Deixa seu comentário aqui embaixo!

 

No que o Yubb acredita?

A gente acredita que você pode investir melhor e encontrar os melhores investimentos

Na hora de investir, a gente acredita em algumas coisas importantes. Sem aqueles mitos de que investimentos são para poucos, para quem tem muito dinheiro ou para quem tem muita experiência. Dá só uma olhada!

 

A gente acredita que todo mundo pode investir melhor de forma rápida, simples e com qualquer quantia de dinheiro (dá pra investir a partir de R$ 30,00!). E a gente tira todas as dúvidas pra você investir sem preocupação!

QUALQUER UM PODE – E DEVE! – INVESTIR

Se alguém te falou que precisa de muito dinheiro pra investir, te enganaram! Dá pra começar a investir com cerca de R$ 30,00 (!!!) – esse é o valor mínimo aceito pelo Tesouro Direto. Nem vem falar que você não tem R$ 30,00 para guardar e investir!!

Aliás, essa é a graça de investir: dá pra começar com muito pouco e aumentar a quantia dos investimentos com o passar do tempo. Tem banco, financeira e fundo de investimento por aí com rentabilidade super alta e investimento mínimo de R$ 100,00. Tá esperando o quê?!

 

NINGUÉM VAI TE TESTAR!

Tá achando que na hora de investir alguém vai te perguntar “Maria, qual o significado da sigla LCI?”, “Joãozinho, qual a diferença entre SELIC-meta e SELIC-over?” ou “Luizinho, em quais meses incide o come-cotas sobre fundos de investimento?”. Sai dessa! Você não precisa estudar finanças pra investir não! As coisas podem ser muito mais simples e fáceis!

Inclusive, a proposta que a gente fez para o Yubb é bem isso: permitir que todo mundo possa encontrar investimentos pra ganhar mais mesmo sem entender nada sobre o assunto!

 

SE EU TIVESSE MAIS TEMPO…

…eu viajaria mais, passaria mais tempo com minha família, sairia mais com amigos, veria mais o nascer do Sol, olharia mais para a Lua, conversaria mais com novas pessoas pela rua, iria mais ao parque, investiria mais meu dinheiro…

Opa, tudo menos “investiria mais meu dinheiro”! Você não precisa de mais tempo pra isso não! É super simples e rápido encontrar os melhores investimentos pelo Yubb. Dois cliques e você já começa a ver muita coisa boa pra você ganhar mais! Quer algo mais fácil do que isso? Rs.

 

A PREGUIÇA É O QUE TE FAZ PERDER DINHEIRO

Se a pressa é inimiga da perfeição, a preguiça é inimiga da realização. Com preguiça, você não faz nada: não procura um trabalho melhor, não se arruma pra um encontro, não conhece uma pessoa nova, não lê um livro bom, não viaja… e também não investe!

E qual o problema de ter preguiça ao investir? O problema é que você perde dinheiro! Simples assim. Deixar o dinheiro em um investimento com rentabilidade baixa não faz só com que você deixe de ganhar mais. Por causa da alta inflação do Brasil, literalmente você vai perder dinheiro pra inflação.

Ou seja: pode ter preguiça à vontade! Mas não na hora de investir. Vai pro Yubb dar uma olhada onde investir melhor e depois a gente deixa você tirar um cochilo no meio da tarde pra matar essa preguiça toda!

 

VAI DIZER QUE VOCÊ NÃO TEM MEDO DE ALGUMA COISA?

Todo mundo tem algum medo na vida! Barata, altura, velocidade, avião… e até de investir! Pensa no seguinte: você economiza o mês inteiro, trabalha horas e mais horas, consegue guardar aquele dinheiro suado e aí resolve investir. E, na hora de investir, bate aquela preocupação: posso perder dinheiro? O investimento é seguro? E se o banco quebrar? A corretora existe mesmo? Esse fundo é alavancado? Qual a garantia de que o investimento vai ser feito?

Calma! Respira fundo, conta até três e vem tirar as dúvidas com a gente pelo Facebook Messenger ou por e-mail! [LINK].

 

QUEM MANDA AQUI É VOCÊ!

A gente acredita que você é a pessoa mais importante nessa história de investir. Ou seja: você tem direito de acessar todas as informações importantes pra investir, entender todas as taxas envolvidas, conhecer os impostos e tirar todas as dúvidas.

Sabe aquela sensação de que você não tem pra quem perguntar sobre investimento ou ninguém pra te ajudar a entender a sopa de letrinhas? Aqui no Yubb isso não vai acontecer! Pode falar com a gente quando quiser e sobre o que quiser! =)