Descubra qual é o seu perfil de investidor

0
15
qual é o seu perfil de investidor?

Você já ouviu a gente falar aqui no Yubb várias vezes que, antes de investir, é importante analisar três variáveis: prazo, objetivo e perfil de investidor ou perfil de risco. Os dois primeiros parecem ser elementos um pouco mais simples de se entender.

Afinal, “prazo” é o período de tempo durante o qual um investidor deseja aplicar o seu dinheiro, enquanto “objetivo” se refere a algo com relação ao qual o dinheiro será utilizado, como uma viagem, um casamento, um curso, um imóvel, entre outras várias possibilidades.

Mas o assunto já não fica tão simples quando falamos em perfil de investidor, a terceira variável importante na hora de aplicar dinheiro.

O que é perfil de investidor? Como determino o meu perfil? Como isso interfere nos meus investimentos? Existe alguma relação entre perfil de risco e rentabilidade de investimentos? E por que é tão fundamental saber se eu me enquadro em um perfil conservador, moderado ou arrojado? Veja o vídeo:

É muito importante saber que determinar o seu perfil de investidor é crucial para entender quais investimentos podem ser feitos por você. Inclusive, de acordo com a legislação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), existem alguns produtos de investimento que só podem ser oferecidos a investidores que preencham necessariamente alguns critérios em seu perfil de risco.

De certa forma, o perfil de risco determinará os investimentos adequados para você, como ações, fundos de investimento, derivativos, debêntures, renda fixa, Tesouro Direto, robôs de investimento, entre outros muitos ativos.

Existem algumas perguntas que ajudam a definir o perfil de risco de um investidor. Por exemplo: se você não pode nem pensar na possibilidade de perder seu suado dinheiro e só a ideia de não ser ressarcido em casos extremos já te dá arrepios, então você provavelmente se encaixa no perfil de investidor conservador, que costuma dar prioridade para investimentos de renda fixa cobertos pelo FGC (Fundo Garantidor de Créditos).

Alguns títulos que se encaixam nesse nicho são CDBs com liquidez diária, Tesouro Direto, LCI, LCA, LC, RDB, entre outros. Ou seja, você abre mão de ter rentabilidades maiores em troca da segurança.

O perfil conservador também se aplica a muitas pessoas que estão começando a investir, especialmente porque são pessoas que possuem mais medos e receios de perder dinheiro, de forma que preferem fazer investimentos conservadores para que possam adquirir confiança e segurança a ponto de experimentarem novos investimentos mais arrojados.

Ao contrário do perfil conservador mencionado acima, se você tem uma preocupação com a possibilidade de perda dos seus investimentos, porém acredita que poderia ter rentabilidades maiores, mesmo que isso signifique correr mais riscos, talvez você se enquadre no perfil de investidor moderado.

Neste caso, o investidor com perfil moderado aceita que pode perder um pouco de dinheiro em alguns casos a fim de ter uma rentabilidade maior. Ou seja: um pouco de risco é OK, mas não um nível muito alto de risco.

As pessoas que possuem um perfil moderado costumam investir em renda fixa (alô, reserva de emergência), debêntures, fundos DI, fundos multimercado, FIIs (Fundos Imobiliários), robôs de investimentos, entre outras opções.

Se você reparar, verá que o perfil moderado possui os mesmos investimentos do perfil conservador, com a diferença de realizar alguns investimentos em ativos um pouco mais arriscados, como fundos multimercado, debêntures e fundos imobiliários.

Finalmente, se você pensa “quem não arrisca, não petisca”, não se importa em correr riscos em busca de rentabilidades maiores e aceita perder dinheiro para ter a oportunidade de ganhar mais, o seu perfil provavelmente é o de investidor arrojado.

Esses investidores gostam mesmo é de renda variável, como ações, fundos de ações, fundos multimercado, fundos imobiliários, moedas estrangeiras, derivativos, robôs de investimento com portfólios mais avançados, peer-to-peer e crowdfunding.

E aí, o que achou da nossa descrição dos perfis de risco ou perfis de investidor? É muito importante você saber que, caso você se identifique com um perfil em especial, nada te impede de comprar ativos variados ou “pertencentes” a outro perfil.

Por exemplo, se você for um investidor arrojado, você pode perfeitamente ter títulos de renda fixa — inclusive, isso recomendável em virtude de você possuir uma “reserva de emergência”.

Da mesma forma, um investidor conservador pode querer fazer alguns investimentos mais arriscados em alguns momentos, o que não fará que deixe de ser um investidor conservador.

É relevante saber que o segredo real de um bom investidor é uma carteira diversificada com diferentes ativos e com pesos diferentes entre cada um desses ativos.


Se quiser fazer o teste especial que preparamos sobre perfil de investidor, é só clicar neste link. Depois de fazer o teste, deixe aqui nos comentários qual o seu perfil e o que você achou do resultado do teste! =)