Títulos do Tesouro Direto: IPCA, SELIC ou prefixado? Saiba onde investir

0
126
títulos do Tesouro Direto

Se você busca investimentos em que possa aplicar valores menores com retorno garantido, os títulos do Tesouro Direto podem ser uma ótima saída. Mas é importante que você saiba por onde deve começar a investir.

Você pode aplicar seu dinheiro direto da sua casa, basta ter um computador com internet para que possa acessar a famosa plataforma criada para a compra e venda de títulos públicos: chamada de Tesouro Direto.

Para entender tudo o que essa plataforma disponibiliza e quais são as características de cada título, continue acompanhando o post.

Tesouro Direto: o que você precisa saber

Você já deve ter ouvido falar das mesas de operações, onde todos os investimentos eram negociados e exigiam uma equipe de profissionais especializados para que estes processos ocorressem, sem contar na burocracia que existia para que a compra ou venda fosse concretizada.

A partir de 2002, para facilitar o acesso de pequenos e médios investidores, a Bovespa em conjunto com o Tesouro Nacional criou a plataforma conhecida como Tesouro Direto, onde você pode aplicar seu dinheiro, em títulos públicos, através do home broker.

Nessa plataforma, é possível encontrar informações dos títulos como: prazo de vencimento, juros, valor da rentabilidade entre outros. E o melhor de tudo: você pode começar a investir com apenas R$ 30,00.

títulos do Tesouro Direto

Tesouro IPCA

Um dos títulos mais populares entre os investidores é o Tesouro IPCA ou NTN-B (Letra do Tesouro Nacional), como também é conhecido.

Ele possui essa popularidade por garantir um retorno híbrido, ou seja, ele remunera o investidor pela variação da inflação no período, somado a uma taxa de juros prefixada.

Nos juros prefixados, você já sabe quanto renderá a sua aplicação durante aquele período, entretanto a variação da inflação você só saberá na data de vencimento, quando quiser retirar o valor final.

Tesouro SELIC

Outro título muito importante é o Tesouro SELIC ou LFT (Letra Financeira do Tesouro), que é considerado uma alternativa mais conservadora.

Ele é um título pós-fixado, então tudo o que render durante o período você só saberá na data de vencimento. O seu rendimento será sempre próximo ao que for a SELIC no tempo em que manter seu dinheiro investido.

Tesouro Prefixado

Agora pensando em um título simples, você pode investir no Tesouro Prefixado ou LTN (Letra do Tesouro Nacional), como é conhecido no mercado.

Ele é tratado desta forma porque você investidor, poderá aplicar seu dinheiro e saber exatamente quanto receberá no vencimento. Essa pode ser considerada uma ótima característica para investidores mais conservadores!

Porém, é importante ressaltar que ao investir nas LTNs você terá um valor fechado que não acompanhará nenhuma taxa econômica. No caso do Brasil, a mais famosa é a taxa SELIC, taxa básica de juros.

Se você não sabe o que é a SELIC ou como ela funciona, temos um texto contando tudo sobre, é só clicar aqui.

Por isso é importante saber que, se a taxa SELIC subir naquele período, o seu rendimento não poderá acompanhá-la. Da mesma forma, se a taxa cair, sua aplicação não será atingida.

Esta é considerada uma grande característica da LTN: para o investidor que não busca oscilações em seus investimentos, esse título é uma boa opção. Mas, é claro, desde que espere até o vencimento.

Conclusão

Agora, conhecendo um pouco mais sobre cada um dos títulos do Tesouro Direto, ficou mais fácil saber em qual opção investir?

Vale ressaltar que é muito importante que você, investidor, avalie as melhores opções segundo seus objetivos e perfil-investidor para que tudo vá conforme o que está desejando no momento e o que for melhor para sua carteira de investimentos!

Além do mais, a diversificação da sua carteira pode ser uma grande aliada, gerando grandes retornos para você.

Se quiser saber um pouco mais sobre títulos públicos, contamos tudo para você através de uma série em nosso canal do Youtube, é só clicar aqui para assistir.

 

Gostou de conhecer mais sobre os títulos do Tesouro Direto? Ficou com alguma dúvida ou quer saber mais sobre algum tópico? Conta pra gente nos comentários!

Mais Retorno

Mais Retorno é uma fintech que tem como objetivo informar, ensinar e desmistificar o mundo dos investimentos e finanças pessoais para investidores de todos os níveis, com isenção e uma linguagem divertida, interessante, prática e acessível.

 

As opiniões expostas neste artigo são baseadas na visão do autor e não necessariamente refletem o entendimento do Yubb.