Vale a pena o mercado secundário de renda fixa com a Selic alta?

103

Você consegue imaginar um investimento que paga 12,45% ao ano, e, ainda por cima, tem a proteção do FGC? Isso significa um rendimento de mais de 200% em um CDB. Loucura, não é mesmo?

Mas é isso mesmo, yubber, não estamos loucos, e você não está sonhando. Com a alta da Selic, alguns investimentos em renda fixa estão pagando cada vez mais. E existe um mercado desconhecido, em crescimento e, o melhor, com rentabilidades MUITO mais altas. E, como falamos, com toda a segurança do FGC.

Quer descobrir que mercado é esse, e como encontrar essas rentabilidades interessantes? Então, continue a leitura e confira as dicas do Bernardo sobre o mercado secundário de renda fixa!

Mercado secundário de renda fixa: afinal, o que é isso?

Basicamente, as operações no mercado secundário de renda fixa acontecem entre pessoas que desejam negociar títulos diretamente entre elas. Para entendermos melhor, vejamos como funciona o mercado primário. Acompanhe!

As instituições financeiras atuam no mercado primário, que é quando o título é emitido e comercializado pela primeira vez. Imagine que você é um investidor, que adquiriu um CDB com vencimento em 2030. Porém, no meio do caminho, você precisou dos recursos e não vai poder esperar o vencimento da aplicação para resgatar o seu dinheiro.

Nessa situação, é pouco provável que você consiga renegociar o seu CDB com o banco. Afinal, a instituição já fez todo o seu planejamento financeiro para lhe devolver o dinheiro somente no vencimento da aplicação, em 2030.

Porém, existe uma forma de você obter os seus recursos antes da data de vencimento. Para isso, você precisa procurar uma corretora para que ela possa verificar se existem clientes interessados em adquirir o seu CDB. Dessa forma, você consegue receber o que investiu antes de vencer a aplicação, e a pessoa interessada no seu CDB receberá os rendimentos que você ganharia no vencimento do título.

É dessa forma que funciona o mercado secundário. Nesse sentido, a corretora funciona como uma espécie de “vitrine de investimentos”, pois ela aproxima quem quer vender antes de quem procura por boas oportunidades de investimentos.

A grande vantagem do mercado secundário são as taxas de juros, que costumam ser muito interessantes. Isso porque alguns desses títulos foram adquiridos há bastante tempo, e com taxas bem mais altas do que as praticadas atualmente. Normalmente, ao contratar um CDB, você fica sujeito à remuneração oferecida pelos bancos, certo? Por isso, uma das melhores formas de aumentar os seus rendimentos em aplicações de renda fixa é por meio do mercado secundário.

E com a alta da Selic, o que é que existe de interessante nesse mercado?

Quer saber o que tem de bom hoje no mercado secundário de renda fixa? O Bernardo preparou um passo a passo na plataforma da XP Investimentos para mostrar como encontrar as melhores opções. Assista ao vídeo e descubra as melhores oportunidades do mercado secundário de renda fixa!

Gostou do vídeo, Yubber? Acompanhe nossas redes e fique por dentro dos principais assuntos sobre o mercado financeiro! 

Instagram: @yubbinvestimentos / Twitter: @yubb_invest / Youtube: Yubb / Telegram > Clique aqui para entrar no grupo