Warren Buffett e bitcoin: por que ele não investiria?

53

Todos os anos, acontece a conferência da Berkshire Hathaway, a holding do megainvestidor Warren Buffett. No evento, Buffett costuma falar por mais de seis horas aos acionistas que formam a plateia.

Mas o que será que teve de importante neste ano? O que será que Buffett falou e está enxergando para a economia dos Estados Unidos, para os seus investimentos, e também para o bitcoin (BTC) ali na frente?

Não é de hoje que o multimilionário “alfineta” a criptomoeda. Mas será que ele mudou de ideia? É justamente sobre isso que o Bernardo vai falar nesse conteúdo. Portanto, se você também está curioso para saber como anda a opinião de Buffett sobre o mundo cripto, continue com a gente até o fim do artigo!

Será que Warren Buffett investiria hoje em bitcoin?

Na última conferência da Berkshire Hathaway, Buffett fez uma declaração radical: em suas palavras, “não compraria todos os bitcoins do mundo nem por 25 dólares, se tivesse essa oportunidade”.

Quem acompanha a trajetória do investidor, sabe que, há muitos anos, ele é um severo critico das criptomoedas. Inclusive, ele chegou a chamar a criptomoeda de “rat poison” (veneno de rato), dizendo que ela não tem a mínima utilidade.

No evento, Buffett também falou sobre como se pode enfrentar hoje a inflação, o que acontecerá com os juros norte-americanos, entre outros assuntos importantes da atualidade. Quem também estava na conferência era William Castro Alves, estrategista-chefe da Avenue Securities.

O Bernardo bateu um papo com William sobre o que ele achou de mais importante no evento, além da polêmica do bitcoin. Confere a seguir!

Pontos de destaque da conferência da Berkshire Hathaway de 2022

Para William, um dos pontos que mais chamou atenção foi justamente a confirmação da posição de holder de Buffett no que diz respeito aos seus investimentos. Ou seja, o foco do investidor continua sendo no longo prazo.

Historicamente, Buffett é adepto ao value investing. Basicamente, essa estratégia na qual se busca investir em uma empresa considerando o valor que ela possa vir a ter no futuro.

Em outras palavras, quando as ações de uma empresa com bons fundamentos está sendo negociada a um preço baixo, o investidor as adquire e espera que esses títulos se valorizem.

Leia também: Value Investing: o que é e como usar? – Artigos – Yubb

Porém, William faz uma reflexão a respeito do value investing. Para o estrategista, não necessariamente essa técnica funciona em todos os lugares.

“Talvez o value investing funcione aqui nos EUA. Mas não significa que funcionara em todos os lugares do mundo. Muitas vezes, isso é muito difícil em países emergentes, por causa de instabilidades politicas e econômicas”, avalia William.

Como exemplos, ele citou problemas políticos na Venezuela, a guerra entre Rússia e Ucrânia, entre outros.

Para saber mais sobre os principais pontos da conferência da Berkshire Hathaway, clique no link abaixo e acompanhe essa excelente conversa!

Gostou do vídeo, Yubber? Acompanhe nossas redes e fique por dentro dos principais assuntos sobre o mercado financeiro! 

Instagram: @yubbinvestimentos / Youtube: Yubb / Telegram > Clique aqui para entrar no grupo